Chá de laranja amarga( Citrus aurantium L.) Para que serve? Emagrece mesmo? Como fazer, Benefícios e Contra indicações dessa fabulosa planta

Muito tem se falado sobre os efeitos da Laranja Amarga como potente auxiliar do emagrecimento e do combate à ansiedade. Mas será que é tudo verdade?

Aliás, essa fruta é o principal ingrediente do Mix de chás Levimune, que já abordamos aqui no site e convidamos você para a leitura.

Convidamos a Nutricionista Marilucia Lima (CRN 3- 4585), para nos explicar tudo sobre essa fruta tão badalada atualmente. Ao final desse artigo você terá todas as suas dúvidas respondidas e poderá tirar todo o proveito dos benefícios da laranja amarga para sua saúde, conhecendo também sua contraindicações.

Também poderá se deliciar com receitas trazidas pela nossa convidada que incluem essa fruta e, caso sofra de ansiedade e descubra que não pode consumir a laranja amarga, também aprenderá algumas receitas de outros chás que ajudarão a combater os sintomas.

Ao final da leitura convido você à deixar seu comentário e compartilhar esse artigo em suas redes sociais e grupos de Whatsapp.

O que é a laranja amarga

laranja amarga e seus benefícios

A laranja amarga é um tipo de laranja que recebe também o nome de laranja azeda, laranja-da-china e laranja-cavalo ou laranja da terra, cientificamente é conhecida por Citrus aurantium L., é uma fruta de origem asiática, portanto a medicina tradicional chinesa a utiliza há séculos para tratar ou prevenir muitos problemas de saúde.

Podem ser utilizadas as folhas, flores, casca e polpa em preparos como chás, geleias, compotas e sucos, ou ainda é possível consumir cápsulas com seu extrato ou até mesmo a fruta in natura.

Pode também ser aproveitado o óleo essencial da casca desta laranja que tem um efeito relaxante, ajudando a aliviar o estresse e a ansiedade.

Esta fruta tem sido alvo de estudos científicos há alguns anos, pois ela tem sido usada há séculos pela medicina tradicional chinesa e há alguns anos ganhou fama como uma substituta para a efedrina, um componente presente em remédios para emagrecer, pois a laranja amarga  tem um ingrediente natural, a sinefrina que tem ação termogênica ajudando na perda de peso.

Porém a laranja amarga tem propriedades também para aliviar a ansiedade e neste artigo iremos esclarecer como a laranja amarga pode ajudar quem sofre deste mal.

Por isso se você procura uma solução natural para aliviar estresse e ansiedade, continue lendo este artigo! 

Propriedades nutricionais da laranja amarga

A laranja amarga é rica em pectina, uma fibra solúvel que ajuda a saciedade, vitamina C, flavonoides(antioxidantes), vitaminas A, B1,B2, niacina e cálcio.

Há alguns anos a laranja amarga ficou conhecida por ter capacidade de ajudar no emagrecimento, pois foi descoberto um ingrediente natural, a p-sinefrina, que atuaria como termogênico, ou seja aceleraria a queima de gordura pelo organismo e por esta razão passou a ser muito utilizada para este objetivo.

É válido ressaltar que não é apenas este o benefício desta fruta e também que os estudos que foram realizados para comprovar tal eficácia, foram inconclusivos.

Devemos ainda salientar que nenhum ingrediente isolado é capaz de emagrecer, pois para isso é necessário contar com outros fatores e respeitar os limites do corpo, não utilizando métodos radicais para perda de peso que causam problemas de saúde física e mental, sendo necessário sempre ter a orientação profissional de um nutricionista.

No entanto como emagecer é um assunto de grande interesse para o público em geral, a maior parte das pessoas que procuram os produtos derivados da laranja amarga como extratos, cápsulas e chás, não conhecem suas outras propriedades que são pouco divulgadas, mas existem benefícios capazes de proteger o organismo de doenças e como citado anteriormente, aliviar a ansiedade e melhorar a qualidade do sono.

Para que serve a laranja amarga

pessoa com ansiedade roendo as unhas
Estudos apontam a laranja amarga como uma importante aliada contra sintomas de ansiedade e depressão

Além de ser utilizada para perda de peso que tem sido o foco principal desta planta medicinal, a laranja amarga já era conhecida na medicina chinesa para tratar e prevenir problemas:

  • Hepáticos;
  • Prisão de ventre;
  • Indigestão;
  • Diarreia;
  • Melhora do colesterol;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • E tem ainda efeito diurético.

Outra propriedade interessante estudada da laranja amarga é que os nutrientes da sua casca ajudam a prevenir alguns tipos de tumores, um destes ingredientes é o limoneno capaz de fazer regredir tumores malignos, além de também agir para diminuir cálculos biliares.

Já os óleos que compõem a casca da laranja amarga e que se encontram também nas flores da laranjeira agem no sistema nervoso central, ajudando a aliviar a tensão, agindo como um sedativo natural que melhora a qualidade do sono e ajuda a diminuir a ansiedade.

A sinefrina presente em sua maior parte na casca desta laranja produz um efeito que combate a depressão.

Sendo assim, a laranja amarga pode ser utilizada de diversas formas e tem utilidades que vão além da ajuda para queima de gordura.

Leia também:
Levimune: saiba tudo sobre esse mix de chás que promete emagrecer e aumentar sua imunidade
Chá de Hortelã – 3 formas de cultivar e preparar seu chá

Como a Laranja Amarga age em nosso organismo

Antes de falarmos sobre o aproveitamento da laranja amarga, é importante salientar que tanto os sedativos sintéticos quanto as ervas medicinais que atuam no sistema nervoso central para efeito relaxante, agem em locais específicos do cérebro com neurotransmissores que ativam a síntese de serotonina

Um neurotransmissor com funções de hormônio porque regula várias funções do corpo e uma destas funções é proporcionar sensação de bem-estar e felicidade.

Como utilizar a laranja amarga para ansiedade

No caso desta laranja podem ser aproveitadas todas as partes, folha, flores, fruto, casca, um exemplo de consumo é o chá da fruta in natura, que pode ser feito da seguinte maneira:

Como preparar o Chá da laranja amarga in natura

Colocar 2 colheres de sopa de laranja-amarga em pedaços pequenos em 1 litro de água fervente, depois é só tampar o recipiente e ir tomando  uma xícara de chá até 3 vezes ao dia.

É possível também fazer o chá com as cascas secas que são encontradas para vender em lojas e sites de produtos naturais.

Neste caso a receita seria a seguinte:

Como preparar o Chá de casca da laranja amarga

Adicionar 2 colheres de sopa de folhas secas numa panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

 Desligar o fogo, tampar e aguardar repousas de 10 a 15 minutos.

Coar e pode ser adicionada uma colher de chá de mel e pau de canela para conferir um sabor mais palatável, tomar durante o dia até 3 xícaras de 200 ml.

  • No caso de insônia, consumir 2 xícaras do chá à noite.

Outras receitas de chá com laranja amarga que ajudam a relaxar

chá de laranja amarga

Chá de casca de laranja com camomila

Ingredientes

1 colher de sopa de casca de laranja amarga

1 colher de sopa de camomila

1 litro de água fervente

1 colher de sopa de mel

Preparo

Adicionar as folhas secas da laranja e a camomila  em uuma panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

Após esse tempo desligar o fogo, tampar por 15 minutos, coar, adoçar com o mel e ir tomando durante o dia até 3 xícaras de 200 ml.

Chá de casca de laranja e erva cidreira

Ingredientes

1 colher de sopa de casca de laranja amarga

1 colher de sopa de erva cidreira

1 litro de água fervente

1 colher de sopa de mel(opcional)

Preparo

Adicionar as folhas secas da laranja e a erva cidreira  em uuma panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

Após esse tempo desligar o fogo, tampar por 15 minutos, coar, adoçar com o mel e ir tomando durante o dia até no máximo 3 xícaras de 200 ml.

Chá de casca de laranja amarga com alecim

1 colher de sopa de casca de laranja amarga

1 colher de sopa de alecrim

1 litro de água fervente

1 colher de sopa de mel(opcional) ou açúcar

Preparo

Adicionar as folhas secas da laranja e o alecrim em uma panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

Após esse tempo desligar o fogo, tampar por 15 minutos, coar, adoçar com o mel e ir tomando durante o dia até 3 xícaras de chá.

Chá de casca de laranja amarga com melissa

1 colher de sopa de casca de laranja amarga

½  colher de sopa de melissa

1 litro de água fervente

1 colher de sopa de mel(opcional) ou açúcar

Preparo

Adicionar as folhas secas da laranja e o alecrim em uuma panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

Após esse tempo desligar o fogo, tampar por 15 minutos, coar, adoçar com o mel e ir tomando durante o dia até 3 xícaras de 200 ml.

Observações sobre a laranja amarga

Esta planta apesar de ter essa propriedade sedativa, deve ser consumida com moderação, assim como qualquer outro tipo de planta medicinal, pois o excesso pode provocar efeito contrário.

No caso específico da laranja amarga, o componente sinefrina  é o fator que ajuda a termogênese, ou seja atua acelerando o metabolismo, sendo assim provoca batimentos cardíacos mais acelerados, por isso, o consumo dos produtos derivados desta laranja deve ser moderado como indicado acima.

Caso seja percebido que o consumo de 3 xícaras do chá ao dia está causando alguma alteração, deve-se diminuir a dose ou consultar um médico.

Efeitos colaterais 

Qualquer planta medicinal pode causar efeitos colaterais, é bom deixar claro que não é porque é natural que será isento de efeitos indesejados.

Por ter a sinefrina natural que acelera o metabolismo e os batimentos cardíacos, causa também um aumento no fluxo sanguíneo, por esta razão, pessoas com hipertensão não devem consumir sem orientação médica.

Além destes indivíduos, também não é recomendado que gestantes, crianças e mulheres que amamentam consumam produtos com laranja amarga.

Para estes casos pode-se recorrer a outros tipos de chás para combater a ansiedade, como:

  • Camomila;
  • Erva cidreira;
  • Melissa;
  • Capim limão, dentre outros.

Sugestões de chás para ansiedade que não levam laranja amarga (para quem não pode consumi-la)

Chá de capim limão

Ingredientes 

1 litro de água fervente

1 colher de sopa de capim limão

Rodelas de limão com casca.

1 colher de sopa de mel ou de açúcar 

Preparo

Adicionar as folhas de capim limão em uma panela com 1 litro de água fervente no fogo médio, ferver por 15 a 20 minutos.

Após esse tempo desligar o fogo, tampar por 15 minutos, coar, adoçar com o mel e colocar na xícara uma rodela de limão, tomar durante o dia até 3 xícaras de 200 ml.

Chá de mulungu

Ingredientes

4 a 6 g de casca de Mulungu;

1 xícara de água fervente.

  Preparo

Adicionar a casca de mulungu na água e ferver por 15 minutos.

Após esse tempo, tampar por 10  minutos, coar e esperar ficar morno, tomar ainda morno, 2 vezes ao dia e evitar tomar por mais de três dias seguidos.

Chá de camomila

Ingredientes

2 colheres de chá de flores secas de Camomila.

1 xícara de água.

Modo de preparo:

 Adicionar na água fervente as flores secas de camomila, deixar por 3 minutos e desligar o fogo, descansar  10 minutos, coar antes de beber. 

Tomar 3 vezes ao dia.

Interações medicamentosas da laranja amarga ( cápsulas, extratos e chá)

A laranja amarga pode interagir diminuindo a eficácia de alguns medicamentos ou aumentando o risco de efeitos colaterais com os antidepressivos:

  • Selegina;
  • Fenelzina;
  • Tranilcipromina;
  • Isocarboxazida;
  • e outros da classe de inibidores de monoamina oxidase e também os benzodiazepínicos.

Portanto pessoas que fazem uso destes tipos de medicamentos devem informar o médico e pedir orientações em relação ao consumo do chá e de outros produtos que contenham extrato da laranja amarga.

O que a ciência diz sobre o uso da laranja amarga para a ansiedade

Foram realizados vários estudos com a laranja amarga devido o seu uso milenar pela medicina chinesa que a tornou popular para o resto do mundo, a fim de comprovar sua eficácia em vários aspectos da saúde.

O objetivo destes estudos era reunir informações científicas capazes de validar sua utilização e comprovar sua eficácia.

Para tanto as pesquisas tiveram foco nas indicações terapêuticas para várias ações e dentre estas a atividade no sistema nervoso central para verificar o seu poder sedativo em camundongos.

Um dos estudos comprovou que o óleo essencial presente na casca da laranja amarga teve efeito ansiolítico, sugerindo então que os componentes presentes ali, o limoneno e miceno são voláteis e provocam uma resposta olfativa que chega ao sistema nervoso central gerando uma sensação de relaxamento, fazendo então entender que a presença destes componentes voláteis são os agentes responsáveis para melhorar quadros de ansiedade.

É interessante observar que o uso de óleos essenciais desta planta são muito utilizados para provocar a sensação de bem estar, podendo também ser aproveitado este benefício através do chá da casca da laranja amarga.

Conclusão: É recomendado o consumo regular dessa fruta

chá de laranja amarga

A laranja amarga, de nome científico Citrus arantium, pode ser inteiramente aproveitada desde as folhas até suas flores e polpa e assim vem sendo utilizada há muitos séculos pelos povos asiáticos de onde é originária.

Devido ao seu uso na medicina tradicional chinesa, se tornou popular no resto do mundo e se tornou uma alternativa para tratar e prevenir muitos problemas de saúde como:

  • Má digestão;
  • Diarreia;
  • Colesterol alto;
  • Problemas respiratórios;
  • Hepáticos;
  • Cardiovasculares;
  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • e até para prevenção de tumores.

Porém ganhou maior fama por ter um efeito termogênico que acelera o metabolismo e portanto age no emagrecimento.

No entanto suas propriedades vão além da possibilidade de ajudar na perda de peso e já foram realizados estudos para comprovar sua eficácia em vários outros aspectos.

Ainda são necessários estudos mais detalhados que comprove seus benefícios em tantas atividade no organismo, porém um dos estudos realmente concluiu que os componentes voláteis da casca da laranja amarga tem um efeito no sistema nervoso central melhorando a sensação de relaxamento e bem estar.

No entanto, é necessário para uma parte das pessoas que tenham hipertensão alguns cuidados ao consumir produtos como cápsulas, extrato ou mesmo o chá da laranja amarga, porque ela pode provocar uma aceleração dos batimentos cardíacos e aumentar a pressão sanguínea.

É importante deixar claro que todos os produtos fitoterápicos provocam efeitos colaterais quando utilizados de maneira errada e com exagero, porém quando consumidos com moderação e orientação, eles podem ser grandes aliados. 

Espero ter ajudado você a conhecer um pouco mais sobre a laranja amarga, e todos os seus benefícios, além de suas contraindicações. Se ficou alguma dúvida sobre qualquer ponto não abordado, te convido você a utilizar o espaço de comentários abaixo, teremos o maior prazer em responder.

Aproveite para compartilhar esse artigo em suas redes sociais e grupos de whatsapp.

Quer saber mais sobre chás? Leia nossos posts sobre o chá Levimune, Hortelã e Mate Verde.

Bibliografia

Bahia B, Ouafae EY, Sammama A, Kerrouri S. Phytochemical screening of two grapefruit varieties: citrus paradisi yellow and blood. International Journal of Innovation and Applied Studies, vol. 17, no. 2, pp. 506–512, July 2016. (em inglês)

Liu XY, Fan ML, Wang HY, Yu BY, Liu JH. Metabolic profile and underlying improved bio-activity of Fructus aurantii immaturus by human intestinal bacteria. Food Funct. 2017 May 15. (em inglês)

Carvalho-Freitas, M.I.R. e Costa, M. 2002 – Anxiolytic and sedative effects of extracts and essential oil from Citrus arauntium L. Biological and Pharmaceutical Bulletin, v.25,p. 1629-1633. (em inglês)

Marilucia Lima
CRN 3- 4585 Marilucia Lima - graduada pelo Centro Universitário São Camilo- São Paulo em 2009.