Saúde Bucal

22/01/2016 10:00 - Atualizado em 06/12/2016 01:20

Veja como tratar gengiva retraída

O problema pode ser prevenido com cuidados adequados de higiene bucal.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A gengiva retraída é um dos problemas dentais mais comuns e afeta pessoas de todas as idades. Ela pode ser provocada por diversos fatores, seja devido a doenças periodontais ou pelo desenvolvimento natural ao longo do tempo.

O tratamento varia de acordo com a causa e a gravidade da retração. Além de manter uma boa higiene bucal, existem alguns cuidados que ajudam a manter a gengiva saudável e até mesmo a estimular o seu crescimento.

mulher sem gengiva retraída

Causas da gengiva retraída

Também chamada de retração gengival, a gengiva retraída consiste no deslocamento do tecido da área, causando a exposição da superfície da raiz do dente. O problema pode afetar um ou mais dentes e causa sensibilidade, dificuldade de higienização, comprometimento estético e maior suscetibilidade a cáries.

As principais causas da gengiva retraída são a escovação inadequada, que machuca a região, e a falta de higiene bucal, que acaba causando problemas como acúmulo de placa e de tártaro. Isso leva à proliferação de bactérias que desencadeiam doenças periodontais, como a gengivite.

A periodontite, uma infecção que destrói os ossos e os tecidos dos dentes, também provoca a retração da gengiva. Outras causas são lesões de cáries não tratadas, movimentação ortodôntica, prótese fixa mal colocada e fluxo salivar baixo.

info gengiva retraída

Como tratar o problema

O tratamento da gengiva retraída varia de acordo com a gravidade e a origem do problema. Algumas medidas básicas, como higiene diária e limpezas mais profundas, estimulam o crescimento da gengiva e o retorno ao seu estado saudável.

Porém, quando a deterioração da gengiva já está mais avançada, é preciso procurar um dentista. Em casos mais graves, o tratamento mais adequado é a cirurgia.

Saiba Mais
Morango limpa os dentes e melhora as funções intestinais
Inclua maçã verde na dieta e aproveite os benefícios
Afta na gengiva: entenda as causas e reconheça os sintomas

Quando o problema é causado pelo acúmulo excessivo de tártaro, devido a higiene inadequada, é indicado fazer raspagem e alisamento radicular. O procedimento elimina a placa acumulada na linha das gengivas e limpa os dentes de todo o tipo de bactérias. Com isso, a região se regenera.

Já nas causas relacionadas ao acúmulo de placa, uma limpeza mais profunda feita pelo dentista pode solucionar o problema. Também existem alguns alimentos que ajudam a manter as gengivas saudáveis, como morango e maçã.

Vale ressaltar que o melhor tratamento para gengiva retraída é a prevenção. Para isso, manter uma higiene bucal adequada é fundamental. Escove os dentes pelo menos três vezes por dia, use fio dental diariamente e consulte um dentista a cada seis meses. Com esses cuidados, além de evitar a retração gengival, outros problemas também são combatidos, como cáries e doenças periodontais.

Tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
retração gengival
gengivite
periodontite
higiene bucal

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ