Saúde Bucal

08/01/2016 07:00 - Atualizado em 04/12/2016 10:21

Veja como curar aftas e diga adeus à dor

Com alguns métodos caseiros e bem simples, é possível aliviar o incômodo e acelerar a cicatrização das lesões.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ao sentir aquelas pequenas lesões doloridas que geralmente surgem na língua, gengiva e paredes da boca, muitas pessoas se perguntam como curar aftas. Apesar de durarem pouco tempo e desaparecerem espontaneamente, as feridinhas podem incomodar e até mesmo prejudicar a alimentação.

Mas a boa notícia é que ter aftas não precisa ser uma tortura, pois, com algumas medidas simples e até mesmo caseiras, é possível aliviar o incômodo e se livrar delas rapidamente.

Como curar aftas em casa

Existem várias opções de tratamento para curar aftas que podem ser feitas em casa, aliviando rapidamente o incômodo causado pelas lesões. Inclusive, muitas das receitas caseiras que as avós ensinam realmente funcionam. Uma delas é fazer bochechos com água morna e sal, o que ajuda a desinfetar a afta e estimular a cicatrização.

Para ajudar a acalmar o incômodo e curar aftas, é indicado também fazer uma solução com 50% de água oxigenada e 50% de água, usando um cotonete para aplicar a mistura diretamente na lesão.

Como curar aftas

Outra dica bem simples é aplicar uma compressa ou até mesmo o próprio saquinho de chá preto sobre a afta. Como esse chá possui tanino, uma substância adstringente, ele proporciona alívio da dor e diminuição da inflamação. Basta fazer o chá e, quando estiver morno, aplicar diretamente sobre a lesão.

O cravo-da-índia também possui bons efeitos para curar aftas mais rapidamente, devido as suas propriedades antissépticas e analgésicas, que são capazes de aliviar a inflamação. E para proteger a afta de bactérias e acelerar a cicatrização, indica-se gargarejar leite de magnésia por alguns minutos.

Além das opções caseiras, ainda existem medicamentos específicos para curar aftas, como é o caso de pomadas antissépticas e analgésicas, que devem ser aplicadas diretamente no local da lesão.

Até que a afta cure, alguns cuidados também podem ajudar a amenizar o desconforto. Entre eles, evitar consumir alimentos muito ácidos ou apimentados e manter a higiene do local utilizando enxaguantes bucais, que aliviam a dor e evitam inflamações.

Saiba Mais
Mau hálito e aftas no bebê? Pode ser estomatite
Afta na gengiva: entenda as causas e reconheça os sintomas
Aprenda como evitar aftas na boca

Principais causas do problema

A afta pode ser provocada por diversos fatores, desde casos simples, como o consumo de alimentos muito ácidos, até o estresse emocional, a deficiência de nutrientes como ferro, vitamina B12 e ácido fólico na dieta, mudanças hormonais, tabagismo ou ainda alergias a alguns alimentos.

Mas, em outros casos, as feridinhas na boca também podem indicar baixa imunidade e serem sintoma de problemas sérios de saúde, como o vírus HIV, diabetes, anemia e infecções vaginais. Pacientes de câncer em tratamento com quimioterapia e radioterapia também são mais propensos a desenvolver lesões na boca.

Em casos mais graves, outros sintomas podem surgir, como febre, indisposição e inchaço dos linfonodos, além das aftas se espalharem pelo esôfago, causando dificuldade para engolir e a sensação de comida presa na garganta. Nessas situações, um médico deve ser consultado imediatamente.

E aí, entendeu como curar aftas e aliviar seu incômodo? Compartilhe e siga curtindo as dicas de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
afta
boca
saúde
lábios

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ