Saúde Bucal

17/12/2015 09:07 - Atualizado em 05/12/2016 11:10

Queimação na língua pode ser sinal de glossite

Inflamação pode ser em decorrência de ausência de ferro ou do comprometimento do sistema imunológico.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Escovar os dentes e ir ao dentista de tempos em tempos é um cuidado corriqueiro. Mas a saúde bucal vai além. A língua, por exemplo, é um órgão muscular importante do nosso corpo. Sensação de queimação, edemas e coloração avermelhada podem ser sinais de glossite.

Saiba mais sobre essa inflamação e veja como tratar o problema.

dentista verifica glossite da criança

Tudo sobre glossite

A glossite é uma inflamação na língua, que pode ocorrer por diversos fatores. Quando acontece, faz com que o músculo apresente inchaço, sensação de queimação, edemas e tons mais avermelhados que o normal. Ela também faz com que as papilas, fundamentais para o paladar, desapareçam.

Existem quatro tipos de glossite. A primeira, aguda, aparece de repente e costuma manifestar-se com sintomas mais graves. Geralmente, ocorre durante reações alérgicas.

A segunda é a crônica, manifestando-se com inflamação comum na língua, e decorrendo de outro problema de saúde.

A idiopática tem causa desconhecida e pode causar a perda de até 50% das papilas gustativas. Por último, a atrófica causa grande número de perda de papilas e resulta em alterações de cor e textura.

Saiba Mais
Morango limpa os dentes e melhora as funções intestinais
Mantenha seus dentes brancos e saudáveis por muito mais tempo
Conquiste um sorriso de celebridade com os dentes de porcelana

As causas são variadas, podendo ser desde reações a medicamentos, alimentos ou cremes dentais, passando por baixos níveis de ferro e de vitamina B, até determinadas doenças que atacam o sistema imunológico. Traumas e lesões na boca, proporcionadas por impactos, cortes com aparelhos odontológicos e queimaduras, também podem levar à glossite.

Os sintomas variam conforme a inflamação se manifesta. Entre as possibilidades, estão dor e sensibilidade na língua, inchaço, mudanças de coloração e incapacidade de falar ou de engolir alimentos.

glossite infográfico

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da glossite normalmente pode ser feito por um dentista. O especialista verifica a existência de saliências ou outras anormalidades na boca do paciente. Em alguns casos, poderá ser necessária a realização de um exame de sangue ou do recolhimento de saliva para verificar as causas da patologia.

O tratamento da glossite tem como objetivo reduzir a inflamação da língua. Ele passa, essencialmente, pela melhoria dos hábitos de higiene bucal. A escovação e o uso de fio dental após cada refeição são recomendados.

Em alguns casos, pode ser necessária a administração de corticoides ou antibióticos, caso seja constatada a presença de fungos ou infecções. Anti-inflamatórios e outros remédios contra a dor também podem ser utilizados. Para o longo prazo, é recomendado também que os pacientes evitem o uso de tabaco, bebidas alcoólicas e alimentos quentes ou apimentados.

E aí, o artigo foi útil para você? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde bucal aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
inflamação
higiene bucal
sintomas
tratamento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ