Saúde Bucal

24/02/2016 03:00 - Atualizado em 28/11/2016 09:12

Procedimentos certos podem branquear os dentes

Creme dental clareador é permitido, mas não garante resultados tão bons.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já teve ter ouvido que o sorriso é nosso cartão de visitas. E é verdade. Dentes alinhados, limpos e sem manchas são sinal de saúde e higiene. Eles podem abrir portas para quem estiver procurando um novo emprego ou mesmo paquerando alguém. Por isso, branquear os dentes de maneira segura é um passo importante.

Se o seu sorriso está amarelado e sem graça, está mais que na hora de agir. Segundo a dentista e especialista em prótese dentária Laura Mello Guimarães Adams, existem duas maneiras básicas para tanto: “O clareamento pode ser caseiro ou em consultório”. A seguir, confira mais detalhes sobre as técnicas e veja dicas que podem ajudar a manter seus dentes brancos por mais tempo.

mulher após branquear os dentes

Técnicas para branquear os dentes

Os dois métodos, antes de tudo, devem ser recomendados pelo dentista. Nada de comprar materiais na farmácia e fazer em casa, hein? O clareamento caseiro começa com a confecção de uma placa de silicone que se adapta aos dentes. Nessa moldeira, você irá injetar o gel clareador diariamente pelo tempo determinado pelo profissional.

“Pode-se usar durante algumas horas ou durante toda a noite”, comenta Laura. O período de clareamento costuma durar um mês. Após a finalização dessa etapa, reajustes podem ser recomendados para manter os dentes brancos e livres de manchas. Ainda assim, eles não voltarão a ser amarelados como antes do procedimento.

Já o clareamento em consultório garante resultados em apenas algumas horas. “O dentista fará a aplicação do clareador, que é mais concentrado que o clareador caseiro, podendo utilizar laser para potencializar o efeito”, esclarece ela. O número de sessões varia. Geralmente, são necessárias mais que quatro consultas.

infográfico branquear os dentes

Pasta ajuda a branquear os dentes?

Um creme dental específico pode até disfarçar, mas não garante resultados definitivos. “As pastas de dente com clareador possuem uma concentração muito baixa, não tendo o mesmo resultado que os clareamentos caseiro e em consultório”, alerta Laura. O uso desses produtos, no entanto, não é proibido.

Por outro lado, no que diz respeito aos alimentos, devem-se tomar alguns cuidados. Café, vinho, suco de uva, chocolate, beterraba, refrigerantes à base de cola, chá-preto e chimarrão podem ser bastante prejudicais para quem deseja manter os dentes branquinhos. Os pigmentos desses ingredientes podem inclusive comprometer o resultado do tratamento. O ideal é consumi-los com moderação.

Se não der para abrir mão do cafezinho, opte pela versão com leite e sempre escove os dentes depois de consumir a bebida. Essa recomendação é ainda mais séria durante o clareamento.

Que achou das dicas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras novidades de saúde e beleza aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
clareamento
sorriso
dentes brancos
dentes amarelos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ