Saúde Bucal

17/12/2015 07:23 - Atualizado em 08/12/2016 09:42

Extração do siso: Tire suas dúvidas sobre o procedimento

Os dentes do siso podem causar alguns incômodos e complicações ao nascerem.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Os dentes do siso geralmente nascem entre os 17 e os 25 anos de idade, sendo os últimos da dentição a erupcionar. Por isso, são popularmente chamados de dentes do juízo. Como podem causar incômodos nesse período, principalmente por falta de espaço ou por estarem na posição horizontal, às vezes é indicada a extração do siso.

É importante sempre avaliar cada caso com o dentista para verificar a necessidade de retirar o dente e quando é o melhor momento. Nem todos precisam fazer a extração, e algumas pessoas nem sequer possuem os sisos.

dentista fazendo extração de siso

Quando é indicada a extração do siso

A maioria das pessoas apresenta quatro terceiros molares, ou dentes do siso: dois superiores, sendo um direito e um esquerdo, e dois inferiores, também um de cada lado. A erupção desses dentes ocorre normalmente dos 17 aos 25 anos e nem todos os pacientes precisam retirá-los.

Algumas pessoas não possuem os dentes do juízo, enquanto outras os têm, mas eles não erupcionam por falta de espaço na arcada ou pela posição em que estão. A extração do siso só é indicada perante um diagnóstico radiográfico e em motivos clínicos, como por exemplo:

- Falta de espaço no arco dentário, que pode levar a má oclusão dentária e sintomas dolorosos na articulação temporomandibular (ATM)

- Má posição dos sisos

- Pericoronites recorrentes (inflamação local)

- Problemas periodontais ou cárie tanto no siso quanto no segundo molar, pela retenção de alimentos e dificuldade de higienizar o dente erupcionado

- Indicações protéticas ou ortodônticas

- Processos patológicos como trismo, abscesso e cistos.

A idade considerada ideal para extração do siso é entre 16 e 17 anos. O aumento natural da densidade óssea que ocorre com o avanço da idade, as características anatômicas da formação e a posição em que se encontram os dentes do siso podem dificultar a sua remoção após essa idade.

Saiba Mais
Você sabe como escovar os dentes? Veja o que não pode faltar
Mantenha seus dentes brancos e saudáveis por muito mais tempo
Livre-se dos dentes amarelados em 7 passos

Como funciona o procedimento

A cirurgia para extração do siso ocorre com uma série de medidas preparatórias, que são feitas antes, durante e após o procedimento cirúrgico.

As medidas que antecedem a cirurgia são a anamnese - questionário sobre a saúde do paciente -, o exame clínico oral e radiológico do paciente e o uso de medicações pré-operatórias, como antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios.

Após a cirurgia de extração do siso, que dura em média uma hora, é feita a sutura. Os pontos costumam ser removidos após 7 dias.

O procedimento pode ocasionar a perda de sensibilidade temporária no local e até mesmo hemorragias leves, que não causam complicações. O inchaço também é comum, mas dura apenas algumas horas e pode ser aliviado com o uso de medicamentos, compressas frias e repouso.

Após alguns dias, a alimentação já pode voltar ao normal e o paciente não sente mais dores ou qualquer incômodo.

Quando os sisos não apresentam complicações, havendo espaço suficiente para a erupção e o paciente não tiver tendência a apinhamento, não é preciso fazer a extração. Ele pode conviver com os dentes do juízo sem problemas para a saúde bucal.

Você já precisou recorrer ao procedimento? Como foi a recuperação? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
dente do juízo
dentição
dentes permanentes
ATM

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ