Saúde Bucal

03/01/2016 12:00 - Atualizado em 16/11/2016 03:35

Excesso de creme dental causa fluorose

Apesar de sua importância para a saúde bucal, flúor pode virar problema quando utilizado em excesso.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Além de alertar para a escovação dos dentes várias vezes ao dia, há outro cuidado importante que os pais devem indicar para os filhos na hora da higiene bucal: a quantidade de creme dental utilizada. O flúor, presente na maioria desses produtos, quando ingerido em excesso, pode causar manchas brancas nos dentes e, em casos mais severos, provocar fluorose.

Esse problema acontece principalmente entre os 11 meses e 7 anos de idade, momento da formação dos dentes, podendo deixá-los porosos e amarronzados. Como não existem cremes dentais que tenham baixo teor de flúor e ainda assim consigam prevenir a cárie, é importante tomar certos cuidados na hora de usá-los.

Fluorose

Entenda o que é fluorose

A fluorose constitui-se de uma alteração nos dentes que decorre de uma carga excessiva de flúor durante a formação dentária na infância. O problema se apresenta principalmente pela mudança na cor do esmalte dos dentes, que pode ficar com uma tonalidade esbranquiçada ou com manchas e linhas brancas.

Saiba Mais
Dúvidas sobre dentes de leite nunca mais!
Morango limpa os dentes e melhora as funções intestinais
Você sabe como escovar os dentes? Veja o que não pode faltar

Nos casos mais graves, ainda pode surgir uma coloração marrom, caracterizando a perda de estrutura dental. Quando isso ocorre, os dentes acabam se desgastando mais facilmente.

Além do uso excessivo de creme dental, outros fatores também podem causar a fluorose. Entre eles, a utilização de comprimidos e gotas com flúor, inclusive até complexos vitamínicos recomendados pelos pediatras. Até mesmo a água e alguns alimentos também podem conter a substância.

Em algumas regiões do país, principalmente no sudeste, é feita a fluoretação artificial da água para o controle da cárie da população. Apesar da prática ser importante, ela merece atenção. E ainda alguns alimentos consumidos principalmente pelas crianças, como achocolatados em caixinha e bolachas, também possuem flúor em sua composição.

Como tratar e prevenir o problema

A fluorose não traz problemas ou consequências para a saúde da criança, a não ser pela estética que pode ficar prejudicada e incomodar o paciente. A maioria dos casos são de fluorose muito leve ou leve, em que as manchas não são tão aparentes, não sendo necessário tratamento.

Nos casos que requerem um tratamento, é utilizado o microabrasão, conforme indicação e planejamento de um dentista profissional. Nos graus mais severos, pode ser indicado um clareamento ou até técnicas restauradoras tradicionais. Porém, a forma mais eficaz de combate ao problema é a prevenção.

Para prevenir a fluorose, os pais devem acompanhar as primeiras escovações, colocando o creme dental na escova, supervisionando a escovação e estimulando a criança a cuspir o dentifrício. A quantidade adequada de creme dental é minima, do tamanho de uma ervilha.

Outras medidas em casa são importantes para que as crianças não consumam tanto flúor. Uma dica importante é evitar comprar cremes dentais coloridos e com sabores, pois estimulam que a criança engula o produto.

E aí, gostou das dicas para prevenir a fluorose nas crianças? Compartilhe!

TAGS
escovação
saúde bucal
dentes
sorriso

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ