Saúde Bucal

02/11/2015 12:18 - Atualizado em 09/12/2016 01:52

Evite doenças da gengiva com estes cuidados

Mau hálito e inflamação podem indicar problemas que comprometem todo o organismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Doenças da gengiva podem surgir como consequência de uma higiene oral pobre, do tabagismo, de alterações hormonais e da ação de bactérias.

A grande questão é que problemas bucais podem afetar não só a beleza do sorriso, mas causar uma série de outras complicações de saúde. As bactérias das infecções gengivais podem interferir nos vasos sanguíneos do coração, diminuindo o fluxo do sangue e contribuindo para doenças coronárias.

Com tantas causas possíveis para o problema, é importante consultar-se regularmente com o dentista, o que contribui para o diagnóstico precoce e facilita o tratamento. Saiba como evitar doenças da gengiva.

dentista conferindo doenças da gengiva da paciente

Doenças da gengiva mais comuns

A odontóloga Bruna Picciani, especialista em Estomatologia, doutora em Patologia e membro da Associação Brasileira de Odontologia do Rio de Janeiro, explica que as doenças da gengiva mais comuns são a gengivite e periodontite.

Ambos os problemas são provenientes do acúmulo de placa bacteriana, película pegajosa que adere nos dentes, frequentemente quando não há uma boa higiene oral.

Inicialmente, ocorre inflamação gengival, denominada gengivite, na qual o indivíduo pode apresentar vermelhidão e sangramento na gengiva. Com a evolução da doença, ocorre destruição progressiva das estruturas que sustentam o dente, caracterizando a periodontite. Nessa fase, pode ocorrer a perda do dente e mau hálito.

Apesar de a placa bacteriana constituir a causa principal, outros fatores estão associados, podendo agravara o quadro, como má oclusão, hipossalivação (falta de saliva), tabagismo, alterações hormonais e diabetes não controlado.  A saúde geral do paciente também pode ficar comprometida, uma vez que essas bactérias, via corrente sanguínea, podem se disseminar pelo organismo.

Saiba Mais
Afta na gengiva: entenda as causas e reconheça os sintomas
Retração gengival expõe raiz do dente e provoca sensibilidade
Entenda as causas da boca amarga e veja como evitar

Pessoas com doenças graves na gengiva ficam mais suscetíveis a infarto, acidente vascular encefálico, endocardite bacteriana e infecções do trato respiratório. "Em gestantes, aumenta o risco de aborto, parto prematuro e nascimento de bebê com baixo peso", comenta a especialista.

"Não poderia deixar de chamar atenção para outras doenças, menos comuns, que podem ocorrer na gengiva, lembrando gengivite ou periodontite: líquen plano, pênfigo vulgar, penfigoide, lúpus, paracoccidioidomicose, candidíase, entre outras", alerta Bruna.

infográfico doenças da gengiva

Previna doenças da gengiva

Para a prevenção, é preciso realizar hábitos corretos de higiene oral, sempre escovando a língua e utilizando o fio dental. Evitar o tabaco e visitar regularmente o dentista são outras precauções.

O tratamento é baseado principalmente na raspagem, que remove a placa bacteriana e o tártaro. Em alguns casos, pode ser necessário recorrer a cirurgia periodontal. O importante é procurar rapidamente um cirurgião-dentista para o diagnóstico precoce, pois, em estágios iniciais, a terapia é simples e pode garantir a manutenção do sorriso e da saúde geral do paciente.  

"Se você observar alguma alteração na boca que não cicatrize em 14 dias, procure um cirurgião-dentista, mais especificamente um estomatologista. É o profissional especializado em diagnosticar e tratar as doenças orais, mais indicado para o manejo dessas alterações", completa a profissional.

Gostou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e beleza aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
gengivite
periodontite
escovar os dentes
mau hálito

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ