Saúde Bucal

24/03/2016 03:00 - Atualizado em 11/12/2016 08:58

Dente de ouro pode estragar o sorriso

Conheça as consequências de quem escolhe ter um sorriso dourado.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A extravagância já foi moda entre os famosos e volta e meia vira tendência novamente. Estamos falando do dente de ouro, que foi sucesso na década de 1980 e voltou a ser sensação no século 21, estampando os sorrisos de astros pops como Madonna, Rihanna, Justin Bieber, entre outros.

Agora, será que todo esse modismo também faz bem à saúde bucal? Ou essa arcada dentária dourada, cheia de pedras preciosas, pode trazer prejuízos a dentes e gengivas?

homem com dente de ouro

Cuidados com o dente de ouro

Segundo a Comissão de Ensino do Conselho Federal de Odontologia (CFO), não há nenhuma regulamentação ou estudo aprofundado sobre esse tipo de produto. O que a entidade alerta é sobre a higienização rigorosa que o usuário deve ter.

Caso contrário, os dentes podem ficar manchados. Também pode haver prejuízos na mastigação e até danos irreversíveis para a saúde bucal, graças à proliferação de bactérias. Problemas na gengiva e cáries são possíveis consequências.

Alergias não são tão recorrentes, mas, de acordo com um levantamento da American Dental Association (Associação Dental Americana), essa reação pode, sim, acontecer em alguns casos. A recomendação do CFO é que os profissionais conscientizem seus pacientes sobre o uso e os cuidados necessários para adotar o acessório.

A boca é um órgão extremamente sensível a corpos estranhos. Próteses, piercings e acessórios dentários aplicados no local são fonte potencial de complicações que podem ser graves. As consequências podem ser infecções, lesões crônicas e até mesmo câncer de lábio ou de língua.

Por isso, quem optar por colocar dente de ouro deve ter um acompanhamento profissional especializado. Afinal, ninguém quer que a opção estética vire um problema de saúde para, no final das contas, acabar com o sorriso, não é mesmo?

4 dicas de higienização bucal

Com ou sem dente de ouro, você deve sempre manter a sua saúde bucal em dia. Confira quatro dicas de como higienizar dentes e gengivas, segundo o cirurgião dentista Jefferson Brandão:

1. Gaste entre três e cinco minutos para escovar os dentes, sem pressa. A higienização deve ser feita com escova e fio dental.

2. Troque de escova de dentes de três em três meses, observando sempre as condições das cerdas.

3. Escolha a escova certa. O ideal, segundo o dentista, é optar por um modelo de cabeça angular, pequena ou média - dependendo do tamanho da boca -, com cerdas arredondadas e, de preferência, de um fabricante de qualidade.

4. Faça, ao menos um vez por semestre, uma consulta de rotina com o seu dentista. A limpeza é muito importante, pois, uma vez que a placa se acumula e endurece, formando o tártaro, apenas o profissional pode removê-lo.

E você, o que pensa sobre o dente de ouro? Deixe um comentário! Se gostou do artigo, aproveite para compartilhar as informações nas redes sociais. E não se esqueça de conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
grillz
dente dourado
prótese
problemas bucais

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ