Primeiros Socorros

13/07/2014 01:00 - Atualizado em 06/01/2017 02:49

Socorro em casos de queimaduras depende da origem e gravidade da lesão

Queimaduras precisam ser tratadas de forma ágil e correta para evitar cicatrizes profundas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Queimaduras são lesões na pela causadas pelos mais variados motivos. Sempre que ocorre um caso semelhante, é comum ouvir sugestões das mais diversas fórmulas milagrosas de curar esses ferimentos, os quais, se tratados de forma incorreta, podem deixar marcas para sempre no corpo.

 

Primeiros socorros em queimaduras

queimadurasFoto: Shutterstock

Mas, afinal de contas, o que é verdade e o que é lenda nos primeiros socorros a uma vítima de queimaduras? Para que você saiba o que fazer quando se deparar com uma situação destas é importante conhecer os tipos de queimaduras e o grau de intensidade de cada uma delas.

 

Queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus

Queimaduras de primeiro grau são superficiais e atingem apenas a primeira camada da pele, a epiderme. Sua principal característica é a vermelhidão do local atingido e o queimado não sente tanta dor.

Nas queimaduras de segundo grau, são atingidas a epiderme e a derme, que é a camada localizada abaixo da epiderme. Nestas condições o queimado apresenta uma dor forte no local e ocorre a formação de bolhas.

As queimaduras de terceiro grau são as mais graves, pois, além das duas camadas da pele, atingem ainda o tecido gorduroso e os nervos. Em casos mais sérios, podem atingir os ossos.

Neste caso, o paciente sente pouca dor, pois a sensibilidade dos nervos é danificada pela profundidade do ferimento. O indivíduo fica com a pele enrugada, dura, seca, esbranquiçada ou escurecida.

 

Tratamento das queimaduras

Cada tipo de queimadura prevê um tratamento adequado. As principais causas desses ferimentos são térmicas, químicas e elétricas. Queimaduras térmicas são provocadas pelo contato da pele com fontes de calor.

Fogo, objetos quentes, líquidos ferventes entram nesta classificação. Lesões originadas pelo excesso de exposição ao sol também se enquadram neste perfil.

Para tratar estas queimaduras, resfrie o local com água fria. Após, tente cobrir o local com um pano limpo ou faixa esterilizada. Se a lesão for mais grave e a roupa grudar na pele da pessoa, não a remova. Corte e retire apenas a parte que não ficou grudada.

As queimaduras químicas são causadas pelo contato direto ou por meio de roupas de alguma substância com a pele. Nestes casos, enxague a pele em água corrente até que o ferimento fique limpo.

Remova a roupa contaminada e evite o contato do produto com outas partes do corpo. É sempre importante que se busque a orientação médica para analisar os danos.

Outro tipo comum de queimadura é a causada por descargas elétricas. Nestes casos, você deve apenas desligar a rede elétrica e procurar não tocar na vítima. O socorro médico deve ser chamado imediatamente.


O que não fazer em casos de queimaduras

Diversas são as soluções caseiras que algumas pessoas indicam para o tratamento de pacientes queimados. Porém, nunca utilize produtos como pasta de dentes, óleo de cozinha, pomadas ou manteiga sobre os ferimentos das queimaduras. Eles podem prejudicar o diagnóstico e não ajudam no tratamento.

Procure não tocar na área do ferimento, muito menos estourar as bolhas ou desgrudar algum objeto estranho que esteja fixado sobre o local. Lembre-se que casos mais graves, nos quais as queimaduras são muito profundas ou tenham atingido locais como rosto e genitália, devem ser levados imediatamente aos cuidados de um médico.

E aí, gostou do texto e das informações ? Então deixe seu recado e compartilhe sua experiência.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ