Primeiros Socorros

09/01/2015 05:04 - Atualizado em 05/12/2016 10:19

Picada de cobra: Saiba como agir em socorro à vítima

Venenosa ou não, picada de cobra exige atenção e cuidados imediatos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A picada de cobra pode ser fatal. Por isso, os primeiros socorros são cruciais para salvar a vida de quem foi atacado.

O primeiro passo é saber distinguir se o animal é venenoso ou não. Em caso positivo, o perigo é muito maior: nem sempre é possível salvar a vítima, já que o veneno corre nas veias muito rapidamente. 

Venenosa ou não

Em geral, as cobras venenosas têm a cabeça em formato triangular, escamas mais finas e olhos com fendas. Mas, atenção, porque existem exceções a essa “regra” e uma dela é bastante perigosa: a coral.

O membro ou parte do corpo que foi picado deve se manter imóvel sempre, para não espalhar o veneno. Se a picada for no pé, a vítima não pode caminhar e precisa ser levada em uma maca.

Assim que perceber a mordida, chame o médico imediatamente e descreva as características do animal. O soro antiofídico só é eficiente quando aplicado segundo o tipo exato de picada de cobra, que também deve ser levada junto ao atendimento, se possível.

Picada de cobra

Picada de cobra venenosa

Observe a forma da picada de cobra. Se ela for peçonhenta, ficarão apenas um ou dois furos. Aplique gelo na ferida, a fim de reduzir a circulação de sangue na região e evitar que o veneno se espalhe.

Depois, amarre um tecido poucos centímetros acima da mordida. Não aperte o local para não provocar danos maiores. Se tiverem passados mais de 30 minutos do momento da picada, não faça a amarração, pois pode causar complicações.

Tente levar a pessoa vitimada pela cobra venenosa imediatamente a uma maca. Localize um médico rápido para que ele faça o tratamento mais adequado.

Apenas uma média de 30% das cobras no Brasil são venenosas. Entre os animais mais perigosos, estão a cascavel, a jararaca e a coral, que levam a uma morte muito rápida.

O soro antiofídico funciona apenas nas três primeiras horas após a picada de cobra. Por isso, o socorro imediato é muito importante. Quando o veneno penetra na pele, começam os sintomas, que incluem náusea, pulsação reduzida, dor, palidez e perda de consciência.

Picada de cobra não peçonhenta

Se a picada de cobra for de um animal não venenoso, você perceberá pelo formato da mordida. Ela geralmente deixa uma marca com duas fileiras de pontinhos, registrando a forma dos dentes.

Neste caso, lave bem a região da picada, do meio para fora. Passe uma pomada antisséptica e faça um curativo com gaze apertada. Leve a pessoa com a mordida ao médico o mais rápido possível.

Prevenção

Confira as dicas para evitar o problema:

- Vista calça e botas ao andar em florestas, bosques e matos.

- Evite colocar as mãos em locais escuros, como tocas, cavernas e arbustos.

- Use luvas e materiais de proteção ao mexer com esses animais, quando necessário.

- Mantenha limpo o terreno de sua casa, sem ratos ou sapos que possam atrair as serpentes.

- Não caminhe por regiões desertas ou com muitos obstáculos durante a noite, já que as cobras são animais de natureza noturna.

- E, por fim, não mate gaviões, gambás, emas ou seriemas, que são os predadores das cobras.

Gosta das nossas dicas de primeiros socorros e saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
primeiros socorros
cobra
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ