Primeiros Socorros

23/07/2014 03:30 - Atualizado em 07/12/2016 10:12

Passo a passo: envenenamento requer socorro imediato

Anualmente, 26 mil crianças sofrem envenenamento acidental.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Todo ano, 26 mil crianças são vítimas de envenenamento acidental no Brasil. É importante estar preparado para atender a uma situação desse tipo, pois nunca se sabe quando uma temeridade desse tipo pode acontecer perto de você. 

Causas e sintomas de envenenamento

Os casos mais comuns de envenenamento são acidentes domésticos ou de trabalho, tentativas de suicídio e ingestão excessiva de bebidas alcoólicas ou de alimentos fora das condições de consumo. 

Foto: Shutterstock

Casos de envenenamento precisam de atendimento imediato. Foto: Shutterstock

Existem diversos tipos de substâncias que podem causar envenenamento, como produtos químicos utilizados em laboratórios e na limpeza doméstica, entorpecentes e medicamentos em geral (caso consumidos em excesso), alimentos vencidos ou deteriorados, gases tóxicos e venenos contra pestes (raticidas, por exemplo). Dependendo do veneno, é possível que a intoxicação ocorra pela ingestão oral da substância, contato com a pele ou inalação através de vias respiratórias.

Alguns dos sintomas que podem sinalizar um caso de envenenamento por ingestão são queimaduras, lesões ou manchas ao redor da boca; mau hálito forte; odores incomuns na respiração, no corpo ou na roupa da vítima; dor ao engolir; dor abdominal; transpiração abundante; náuseas e vômito; diarreia; convulsões; dilatação ou diminuição no tamanho da pupila; estado de choque; frio excessivo sem motivo aparente; e alterações no pulso e na temperatura corporal.

Já no caso de envenenamento por contato, os sinais mais comuns são manchas na pele, coceira, irritação nos olhos, dor de cabeça e aumento na temperatura da pele. Se a substância foi inalada pelas vias respiratórias, o mais comum é respiração ofegante, tosse incontrolável e irritação nos olhos e garganta.

Primeiros socorros para o caso de envenenamento

É fundamental que a vítima receba os primeiros socorros o mais breve possível. Veja dicas para lidar com a situação:

- Em qualquer caso, chame um socorro especializado imediatamente.

- Se a intoxicação ocorreu por ingestão oral de uma substância tóxica, seja ela qual for, verifique os seus sinais vitais e mantenha a vítima aquecida e em posição confortável, de preferência ao ar livre, para facilitar a respiração.

- Procure saber a maior quantidade possível de informações sobre a origem do envenenamento, para que o socorro seja mais eficaz.

– Se o veneno for um medicamento, por exemplo, separe a embalagem do produto para mostrar ao médico.

- Jamais provoque vômito, pois isso pode fazer a substância tóxica se espalhar ainda mais pelas paredes do sistema digestivo, agravando o quadro.

- Não ofereça água, leite ou qualquer outro líquido à vítima.

- Se a intoxicação ocorreu devido ao contato do veneno com a pele, lave abundantemente o local afetado com água corrente.

- Caso a região afetada tenha sido a dos olhos, lave-os por 15 minutos e depois cubra-os  com um pano limpo ou gaze, sem pressão.

- No caso de envenenamento por inalação, o mais importante é levar a vítima para um local arejado.

Intoxicação infantil

Se você tem filho pequeno, previna o envenenamento acidental. Anualmente, cerca de 26 mil crianças são vítimas de intoxicação em todo o Brasil.

O principal cuidado é quanto ao local de armazenamento de alguns produtos. Tudo que for potencialmente tóxico ou inadequado para o consumo das crianças deve ser mantido longe do seu alcance. Exemplos: bebidas alcoolicas, produtos de limpeza e medicamentos.


Você já presenciou alguem que sofreu de intoxicação? Quais foram as medidas tomadas?

TAGS
excesso de remédios
coma alcoólico

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ