Primeiros Socorros

15/01/2016 06:00 - Atualizado em 11/12/2016 02:18

Faça um remédio caseiro para picada de marimbondo

Algumas receitas caseiras ajudam a amenizar a dor da ferroada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Este inseto costuma atacar os seres humanos quando se sente ameaçado. Parente das abelhas, o marimbondo vive em áreas urbanas e rurais. Se você for picado, convém ter conhecimento sobre como fazer um remédio caseiro para amenizar a lesão.

Antes disso, porém, carregue sempre com você um repelente para insetos. Mediante a proliferação do Aedes aegypti no Brasil, não há motivos para adiar o hábito de usar o produto diariamente. Vários são fabricados com aromas agradáveis. Se você não gosta de cremes, existem os na modalidade spray. E mais: dá para encomendar protetor solar manipulado com repelente. Prático, não?

Receitas populares

Entre as várias dicas que você vai ouvir por aí, siga esta: água gelada, gelo e sabão neutro. A água e o sabão desinfetam. O gelo vai aliviar a dor e reduzir o inchaço.

Depois disso, há ainda a sabedoria popular. Ela garante que o vinagre auxilia porque tem efeito antisséptico. Encostar na região atingida uma placa de metal gelada também ameniza tais sintomas. Há quem garanta que amoníaco suaviza a dor. Outros juram que cachaça com fumo traz a mesma eficiência.

mulher com picada de marimbondo

Como proceder após picada de marimbondo

A picada causa dor, inchaço e coceira. Já a pele fica avermelhada na região do ferimento. O edema pode durar horas ou dias, dependendo do organismo de cada um.

Ao sentir que foi atingido, saia de perto do marimbondo. Coloque gelo em cima da picada. Se não tiver gelo, aplique compressas com água fria - não use água morna ou quente.

Assim que for possível, higienize o local com sabão neutro, inclusive se houver a formação de uma bolha na zona prejudicada. Porém, não invente de estourá-la! Tampouco passe pomadas sem a orientação de um médico.

Saiba Mais
Picada de abelha é um perigo para os alérgicos
Saiba como prevenir a dengue sem sair de casa
Ataque de abelhas pode ser mortal: Veja como socorrer

Se você tem alergia a picadas de marimbondo, sabe que o inseto representa um perigo diante da sua condição. O choque anafilático é uma das piores possíveis consequências. Portanto, antes de se aventurar por aí, consulte um médico.

Na hora de viajar, vá tranquilo levando na bagagem algum medicamento que possa proteger de acidentes indesejáveis do gênero. Informe nos seus documentos de identificação que você é alérgico e como as pessoas devem proceder, se houver necessidade. Isso facilita a obtenção de socorro eficiente para o seu caso.

Quem não sabe se é alérgico talvez se assuste com as reações costumeiras de quem descobre ser: tontura, falta de ar, desmaio, dor de cabeça, vertigem, calafrio, edema nos lábios e na língua, náuseas, vômitos, diarreia, arritmias cardíacas, entre outras. Tente manter a calma para não agravar o quadro. Imediatamente, vá em busca de socorro médico.

Observações

- Picadas nas regiões do rosto, da cabeça e do pescoço precisam de avaliação médica o mais rápido possível, mesmo se a pessoa não for alérgica

- Em algumas situações, o local afetado fica com os movimentos prejudicados, devido à inflamação causada pela picada.

- Diferentemente das abelhas, os marimbondos não deixam ferrão e não morrem após atacar seres humanos ou outros animais

- Não tente remover a casa desses insetos. Contrate uma empresa especializada para fazer o serviço. Um ataque de um enxame inteiro pode levar uma pessoa à morte por envenenamento.

Tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
ferroada
picada de inseto
alergia
choque anafilático

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ