Primeiros Socorros

07/01/2016 04:00 - Atualizado em 21/11/2016 07:20

Como realizar os primeiros socorros no trânsito

Manter a calma é o primeiro passo para ajudar mais do que atrapalhar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Fatalidades acontecem e assustam. Saber como agir em algumas situações pode ser a sua chance de salvar vidas. Nos cursos preparatórios para a direção, você provavelmente aprendeu como realizar os primeiros socorros no trânsito de forma segura. Para relembrar o que foi dito naquela época, criamos uma lista de cuidados essenciais.

Primeiros socorros

Antes de tudo, lembre-se de manter a calma. Esse é o primeiro passo, e é essencial para que qualquer ação sua não atrapalhe mais do que ajude. Confira abaixo como proceder:

Aprenda os primeiros socorros no trânsito

Sinalize o local

Coloque a sinalização de acordo com a velocidade da via na qual houve o acidente. Exemplo: 80 km/h = 80 metros. Essa ação rápida evita que outro acidente aconteça enquanto você atende a vítima.

Ligue para a emergência

Pegue o seu telefone celular e ligue para a emergência de sua cidade antes de qualquer outra atitude. Dê informações como o tipo de acidente, condições da vítima e possíveis riscos de explosão. A equipe, composta por médicos e enfermeiros, será responsável pela identificação das lesões causadas pelo acidente.

Tenha estes números salvos no celular:

192 - Ambulância
190 - Polícia
193 - Bombeiros.

Converse com o acidentado

Faça perguntas ou ouça o que a pessoa deseja falar. Mantê-la consciente pode facilitar o socorro feito pelos profissionais.

Tome cuidado

Mantenha-se afastado caso exista risco de incêndio ou explosões. Lembre-se de ressaltar essa informação para os telefonistas da emergência.

Verifique a respiração

Olhe para o acidentado e identifique se ele está respirando. Caso esteja preso pelo cinto de segurança e ele estiver dificultando o movimento da respiração, retire-o sem movimentar o corpo. A cabeça pode ser mantida para cima, caso ela esteja pendendo para os lados - jamais faça pressão.

Se você tiver treinamento, identificar a necessidade e souber como proceder, pode realizar uma respiração boca a boca, para encher de ar os pulmões da vítima, ou massagem cardíaca, para reanimar os batimentos cardíacos. De forma geral, porém, a orientação é clara: não encoste ou mova a vítima.

Saiba Mais
Aprender noções de primeiros socorros pode salvar vidas
Primeiros socorros na escola: Veja lições de saúde
Saiba por que é importante ensinar primeiros socorros para crianças

Evite aglomeração

É importante que você não deixe que curiosos e pedestres se aglomerem de tal forma que prejudiquem a recuperação da vítima e seu salvamento pelos profissionais de emergência.

Mais uma vez, mantenha a calma

Pode parecer difícil, mas manter a serenidade é uma das mais importantes funções que você pode ter neste momento. Diga para a vítima que está tudo bem, que o socorro está chegando e que logo ela será tratada e levada ao hospital.

Primeiros socorros no trânsito: o que não fazer

- Não encoste na vítima. Ela deve ser mantida da mesma maneira que estava quando sofreu o acidente. O toque pode dificultar ou agravar a situação.

- Não retire o capacete de motociclistas. Isso pode afetar o estado de saúde do acidentado.

- Não faça torniquetes para diminuir a perda de sangue nem lhe dê comida ou bebida.

E você, já passou por uma situação em que teve que prestar os primeiros socorros no trânsito? Deixe seu comentário!

TAGS
primeiros socorros
trânsito
acidente
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ