Primeiros Socorros

03/07/2014 09:00 - Atualizado em 03/12/2016 03:29

Batida na cabeça não pode ser ignorada. Veja dicas de socorro

Batida na cabeça pode acarretar um traumatismo craniano.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Quando alguém sofre uma batida na cabeça, é preciso sempre ficar atento. As consequências podem variar muito o seu grau, de acordo com a intensidade da pancada, e pode haver o chamado TCE: traumatismo cranioencefálico. Essa tem sido a principal causa de morte nos Estados Unidos e vários outros países há décadas.

Consequências de uma batida na cabeça

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Se a batida na cabeça ocasionou um TCE, as sequelas podem ser muitas. No âmbito físico, a pessoa pode vir a ter problemas de movimento, dificuldades na coordenação motora e equilíbrio, redução na força física, lentidão nos movimentos corporais, cansaço, fadiga e perdas de energia, perda de sensações (sensibilidade ao toque, olfacto, visão) e epilepsia pós-traumática.

Podem surgir também consequências cognitivas, com dificuldades como em manter-se atento na realização de uma tarefa ou num pensamento; em organizar-se e compreender informação sensorial; em recordar-se de informações básicas; de utilizar o pensamento para resolver um problema de raciocínio lógico; e em organizar, planejar e iniciar atividades administrativas do seu dia a dia.

Por fim, ainda pode haver sequelas emocionais, como depressão, alterações de humor, irritabilidade e ansiedade; e comportamentais, como impulsividade, agressividade, apatia e falta de iniciativa.

O principal cenário é quando acontece a hemorragia intracraniana, com sangramento dentro do cérebro ou entre a porção superior da caixa craniana e o cérebro. Nesse caso, a chance de ocorrer algumas das sequelas listadas anteriormente aumenta significativamente, e são adicionadas às possíveis consequências a paralisia cerebral e a morte.

Primeiros socorros para uma batida na cabeça

Os motivos listados acima já são mais do que o suficiente para redobrar a atenção no caso de batida na cabeça, certo? Então se prepare para prestar os primeiros socorros. Antes de tudo, apesar de ser um assunto sério, mantenha a calma, não se desespere e tente não deixar a vítima muito apreensiva e preocupada.

É importante entender qual foi a força da batida na cabeça. Caso tenha sido apenas um golpe leve, coloque uma compressa de gelo sobre a área afetada para diminuir a inflamação. Caso seja necessário, a pessoa pode tomar um analgésico como dipirona ou paracetamol para aliviar a dor – respeitando sempre, é claro, as recomendações médicas e perfil alérgico de cada um.

Se a batida na cabeça gerou um corte além da batida, lave o local e pressione o corte com uma gaze limpa para estancar o sangue até chegar no hospital. No caso de um impacto muito forte, faça com que a vítima não se mexa até ser atendida, pois deve ser levado em conta a possibilidade de haver uma lesão na coluna cervical.

Você deve encaminhar imediatamente a vítima a um pronto-socorro caso o impacto tenha sido muito forte, se for resultado de uma perda de equilíbrio, se foi acompanhado de perda de consciência ou desmaio ou simultâneo a algum comprometimento neurológico ou então se a vítima demonstrar confusão mental, como não saber se expressar corretamente para dar informações sobre ela própria.

Outro fator de risco é no caso de a pessoa estiver tomando medicamentos anticoagulantes ou tiver outra enfermidade que altere a situação da coagulação, como a plaquetomia. O médico poderá pedir exames que precisarão a situação da pessoa e saberá, assim, dar um diagnóstico preciso e encaminhar o tratamento, se for o caso.

Gostou do texto ? Deixe seu comentário. 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ