Primeiros Socorros

19/04/2015 03:21 - Atualizado em 01/12/2016 12:43

Asfixia exige atendimento rápido: Conheça os primeiros socorros

Técnicas de socorro são simples, mas exigem agilidade na ação. Saiba o que fazer.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O almoço estava indo bem, até que alguém engasgou com a comida. Se não for socorrida logo, essa pessoa para de respirar em função da asfixia, um problema bastante comum, mas que requer socorro de emergência. Nos adultos, os casos mais comuns ocorrem em função de comida trancada na garganta ou inalação de fumaça e produtos químicos.

Crianças costumam colocar objetos na boca, que ficam trancados e impedem a passagem do ar. Os primeiros socorros para essa situação são simples, mas precisam ser feitos rapidamente para evitar complicações. Veja como você pode ajudar.

asfixia

Como acontece a asfixia?

Ficar asfixiado é o mesmo que estar sufocado. Quando isso acontece, por meio de inalação de fumaça ou de gases e vapores químicos, é necessário colocar a vítima em um lugar arejado e realizar respiração artificial boca a boca.

Em caso de soterramento, o ideal é limpar bem o rosto da pessoa, desobstruir o nariz e a boca e fazer respiração artificial.

O envenenamento e a inalação de medicamentos ou produtos químicos requerem um cuidado maior, sendo recomendado levar a vítima ao hospital imediatamente.

Se a pessoa sofreu algum tipo de estrangulamento, remova-a do que a estiver sufocando e faça respiração boca a boca imediatamente.

Caso tenha sofrido um choque elétrico, não toque na pessoa até que ela esteja totalmente desconectada da corrente elétrica. Desligue a energia geral e retire fios da tomada. Mova a pessoa usando uma corda ou pano bem seco. Realize respiração boca a boca logo que removê-la da rede elétrica.

Como fazer respiração boca a boca

Deite a pessoa com a barriga para cima. Folgue as roupas apertadas, esticando o pescoço para trás e o queixo para cima. Abra a boca da vítima e retire o objeto, se houver.

Tape o nariz dela com os dedos e encoste a boca, enchendo-a com ar até que o peito dela se eleve. Repita a operação por cinco ou seis vezes, ou durante 20 minutos, até que a pessoa volte a respirar sozinha.

Engasgamento é o tipo de asfixia mais comum

asfixiaEntre todas as formas de asfixia, a mais frequente é o engasgamento, principalmente entre as crianças pequenas, de um a quatro anos. Para socorrer quem se encontra nesse estado, é preciso verificar se há tosse.

Quando está tossindo, a pessoa pode ter a passagem de ar obstruída por um objeto, sendo necessário apenas removê-lo.

No entanto, se não houver tosse, é necessário agir rápido para evitar perda de consciência.

Para reanimar uma pessoa asfixiada, deve ser feita a chamada manobra de Heimlich para crianças maiores de um ano e adultos.

Fique atrás da pessoa, mas um pouco de lado. Envolva o peito dela com uma mão e incline para a frente, de modo que o objeto trancado possa sair em direção à boca.

Dê pequenos golpes secos entre a omoplata, com a parte da mão localizada entre a palma e o pulso.

Se o objeto não sair, comprima o abdômen da vítima por cinco vezes, fechando o punho e colocando-o na boca do estômago da pessoa.

Deixe a outra mão aberta sobre a mão que está no umbigo, fazendo pressão no estômago para trás, com movimentos secos e bruscos. Vá repetindo até que o objeto saia, mas lembre-se não realizar a técnica em gestantes, crianças menores de um ano e pessoas obesas.

Gostou das dicas de primeiros socorros? Deixe um comentário! E não esqueça de conferir as novidades de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
sufocamento
engasgamento
Heimlich
inalar fumaça

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ