Primeiros Socorros

29/02/2016 11:00 - Atualizado em 05/12/2016 02:24

Aprenda a se proteger de um deslizamento de terra

Deslizamentos estão entre os desastres naturais mais comuns no Brasil.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Todo mundo já ouviu que o Brasil é um país abençoado por não sofrer com terremotos e furacões. Mas nós também temos nossos desastres naturais, mesmo que mais brandos. O deslizamento de terra está entre os mais comuns - principalmente nos morros, em época de chuva.

O fenômeno é causado quando o solo escorrega em encostas, geralmente por ação de água que corre da chuva, deixando o terreno instável. Em locais habitados, esse cenário pode levar a desastres como habitações desmoronando morro abaixo.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 895 municípios brasileiros registraram casos de deslizamento de terra entre 2008 e 2012. No total, foram 103 mortes e 303,6 mil pessoas desabrigadas em função dos desastres. A capital baiana, Salvador, foi a cidade que registrou o maior número de ocorrências no período: 6.615.

deslizamento de terra soterra carro

Prevenindo o deslizamento de terra

A melhor maneira de ficar seguro é tomando todas as medidas possíveis para evitar o deslizamento de terra. A principal medida preventiva é não destruir a vegetação nas encostas. Raízes de grandes plantas, grama e capim ajudam a fixar o solo. Vale ressaltar a exceção para as bananeiras, pois as raízes dessa árvore aumentam o risco de deslizamento.

Se for possível, evite morar em áreas de risco. Promessas de lotes baratos em encostas são comuns, mas os locais nem sempre são seguros. Se for construir uma habitação, distancie-se o máximo possível dos barrancos.

Discuta com a comunidade a construção de canaletas para direcionar o fluxo de água e também a criação de um plano de evacuação. Por fim, evite jogar lixo nas vias públicas. Ele vai acumular água e levar parte do solo junto, quando for carregado pela correnteza.

O que fazer quando há um deslizamento

Mora em uma área de risco e desconfia que pode haver um deslizamento de terra? Mantenha a calma e haja de maneira racional. Veja, abaixo, como proceder:

1. Observe

Fique sempre atento aos sinais de perigo. Veja se a previsão do tempo antecipa mais chuva. Observe a inclinação de árvores, muros e postes, bem como rachaduras ou saliências nas paredes e a cor da água que corre na rua. Se for mais barrenta que o normal e se a quantidade estiver aumentando, abandone a sua casa.

2. Saia

Se você notou sinais de perigo, saia imediatamente da habitação e procure abrigo em uma área onde não haja perigo de deslizamento de terra. Evacuar o local rapidamente é a melhor maneira de se proteger. Lembre-se: sua vida vale mais que seus pertences.

3. Informe

Recomende aos vizinhos fazer o mesmo, caso eles não estejam cientes do perigo imediato. Em seguida, ligue para a Defesa Civil (199) ou para o Corpo de Bombeiros (193), informando o local e a situação. Eles estão acostumados a lidar com esse cenário e poderão avaliar o risco e as medidas a serem tomadas.

4. Não retorne

Evite retornar à sua casa antes de a Defesa Civil ter avaliado a situação do terreno.

Não conseguiu escapar? Nesse caso, fique próximo a cantos e móveis sólidos da sua casa e mantenha os braços em volta do rosto, para, no caso de ficar soterrado entre os entulhos, garantir uma reserva de ar até o resgate chegar.

Aprovou nossas dicas? Se você achou o artigo útil, compartilhe-o com seus seguidores nas redes sociais! Caso queira contribuir com alguma sugestão, deixe um comentário abaixo. E aproveite para conferir outras novidades de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
desastre natural
chuva
enchente
Defesa Civil

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ