Primeiros Socorros

20/02/2016 07:00 - Atualizado em 05/12/2016 09:23

Aprenda a manter a calma em situações de emergência

Presenciar um acidente exige concentração e pensamento rápido.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Em uma situação de emergência, manter a calma é fundamental. Porém, na prática, isso não é tão fácil. Nervosismo e pânico são algumas das reações que acabam comprometendo o auxílio às vítimas.

Dependendo da situação, atitudes imediatas podem ser decisivas para um resultado positivo. Seja num acidente doméstico, de trânsito ou até no trabalho, permanecer focado é a chave para tomar as providências mais eficazes.

emergência num acidente de trânsito

Como manter a calma numa emergência

Perder o controle em uma situação de emergência apenas compromete os resultados, pois interfere em possíveis tomadas de decisão. Em meio a um acidente ou a outra situação de risco, é fundamental parar por alguns segundos, respirar fundo e observar o que está acontecendo ao seu redor.

Manter uma postura confiante pode ser a melhor solução para minimizar os danos aos envolvidos e, solucionar o problema o mais rápido possível. Um simples telefonema já será muito útil. Acionar a polícia, os bombeiros ou o SAMU é o recomendado na maioria dos casos.

Lembre-se que, ao fazer esse contato, você deverá estar preparado para fornecer informações importantes, como a localização do acidente, o tipo de situação, a gravidade, os envolvidos (número, sexo e idade aproximada) e a existência de outras situações de perigo no local.

Com essas informações, o serviço de emergência poderá se preparar para o atendimento, assim como deslocar mais ajuda, caso necessário.

Procure manter a sua respiração controlada. Em momentos de estresse extremo, o corpo pode reagir de diversas maneiras. No entanto, é preciso ter consciência de que a sua presença ali é necessária e que você deve estar pronto para ajudar no que for preciso.

O que fazer em caso de acidentes

Presenciar um acidente requer autocontrole e pensamento rápido. Muitas vezes, as primeiras ações são as mais importantes na recuperação de uma vítima ou na minimização das consequências do sinistro. Abaixo, você confere como proceder em diferentes situações:

Ferimentos

Em caso de cortes ou ferimentos em geral, a recomendação é colocar um pano limpo sobre o local para estancar o sangramento e procurar ajuda médica imediata.

Queimaduras

Resfrie a pele com compressas úmidas ou coloque o local atingido embaixo da torneira por dez minutos. Nunca utilize gelo, manteiga, pasta de dente ou outra receita caseira, pois isso poderá piorar o quadro. Coloque um pano limpo sobre o local e procure ajuda médica.

Afogamento

Caso não haja salva-vidas no local, retire a vítima da água imediatamente e deite-a de barriga para cima. Gire sua cabeça para a lateral, facilitando a eliminação da água. Se a pessoa não voltar a respirar, tape o nariz da vítima e coloque sua boca sobre a dela, respirando fundo e assoprando vigorosamente. Intercale com massagem torácica, colocando a mão sobre a outra na altura do peito e pressionando.

Você já presenciou uma situação de emergência? Conseguiu manter a calma? Conte sua experiência para nós! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
urgência
acidente
situação de risco
assistência

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ