Mulher

05/02/2015 12:34 - Atualizado em 28/10/2016 09:23

Veja como a mamografia digital ajuda no diagnóstico do câncer

A mamografia digital é mais precisa e rápida que o exame de mamografia convencional.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Realizar os exames de mamografia regularmente é de extrema importância para diagnosticar o câncer de mama o quanto antes. Nos casos em que o tumor é identificado antes de ter um centímetro de diâmetro, as chances de cura podem chegar à 98%.

A mamografia digital permite uma visualização ainda melhor da mama, em comparação aos exames de mamografia convencionais. O resultado é mais detalhado, o tempo de exposição à radiação é menor e o diagnóstico é obtido com mais rapidez.

mamografia digital

Como funciona a mamografia digital

A mamografia digital é mais ágil e eficiente em relação ao exame de mamografia convencional. O método é feito com equipamentos mais modernos e precisos, além de apresentar o resultado mais rápido também. O médico ainda pode utilizar outros recursos que ajudam no diagnóstico, como a ampliação das imagens.

O exame é simples e rápido de fazer, demorando cerca de 15 minutos, mas é capaz de mostrar alterações suspeitas antes mesmo de o tumor ser palpável. Ele é feito por meio da compressão das mamas em um equipamento de raios-x, gerando a imagem que será analisada.

Em tempo: a mamografia consegue identificar alterações suspeitas, mas apenas um exame histopatológico pode confirmar o câncer de mama.

A mamografia digital é recomendada para um melhor diagnóstico em mulheres de qualquer idade, principalmente nas mais jovens. É que nódulos em mamas densas, grandes ou muito firmes podem não aparecer no método convencional.

O exame digital é disponibilizado em dois tipos, o direto e o indireto. No direto (digital de campo total), o detector de raios-x transforma a radiação em imagem digital, que é transmitida imediatamente ao computador.

Já na indireta (computadorizada ou CR), o detector contém uma substância especial que guarda as informações obtidas com a radiação. Essa substância é levada a uma máquina que transforma as informações em imagem digital.

Com a mamografia digital direta, é possível obter os resultados imediatamente. Porém, os dois tipos do exame são mais rápidos e precisos do que a mamografia convencional.

Importância da mamografia digital

Com a mamografia digital, os riscos de mortalidade pelo câncer de mama diminuem consideravelmente. A realização do exame de rotina é a melhor forma de detectar a doença, mesmo que não haja sintomas aparentes. As alterações podem demorar dois anos até que sejam identificáveis pelo autoexame, por exemplo.

É indicado fazer a mamografia de forma sistemática a partir dos 40 anos. Ela deve ser realizada anualmente para evitar casos de carcinoma de intervalo, o câncer que surge no período entre as mamografias.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde da mulher
mamografia
autoexame
câncer de mama

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ