Mulher

26/02/2016 10:54 - Atualizado em 08/12/2016 01:09

Talco causa câncer? Conheça mitos e verdades

Produto pode estar relacionado a morte nos Estados Unidos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Um produto aparentemente inofensivo, usado por crianças e adultos, pode ter sido a causa da morte de uma mulher nos Estados Unidos. O talco seria o responsável pelo desenvolvimento do câncer nos ovários que vitimou a norte-americana de 62 anos. Entenda o caso.

Empresa é condenada a pagar multa

A Johnson & Johnson, uma gigante no segmento de produtos de higiene pessoal e saúde, foi condenada a pagar US$ 72 milhões à família de Jackie Fox - mulher que faleceu de câncer nos ovários -, sob a acusação de que o talco para bebês da companhia teria desenvolvido a doença.

Desse montante, US$ 10 milhões seriam por danos pessoais e outros US$ 62 milhões como punição pela morte da paciente.

talco

Na ação, foi usado o argumento de que a empresa conhecia os riscos do produto, mas não avisou aos consumidores. Em entrevista à BBC Mundo, um dos advogados da família, Jere Beasley, disse que o júri entendeu que o fabricante é responsável por vender produto defeituoso, agir com negligência e praticar conspiração.

Como principal prova da defesa, está um memorando interno da Johnson & Johnson, datado de 1999. O texto dizia que a relação entre o talco e o câncer nos ovários é praticamente a mesma que a do tabaco com o câncer, e que negar isso seria fechar os olhos para as evidências. Ainda cabe recurso à sentença.

Por outro lado, a empresa nega as acusações amparando-se nas investigações da FDA, órgão americano equivalente à Anvisa no Brasil, e do Instituto Nacional do Câncer do país. As autoridades negam que os riscos tenham sido comprovados. 

Jackie Fox morreu no ano passado depois de usar, entre outros produtos, talco para bebês para fazer higiene íntima ao longo de décadas. Segundo Beasley, além desse caso, sua equipe cuida de outros semelhantes, em que mulheres também apontam o artigo como suposta causa associada a outros fatores do câncer que possuem.

Estima-se que haja outros 1,2 mil processos contra a Johnson em cortes nos Estados Unidos.

Cuidados com o uso do talco

Utilizado para absorver o excesso de umidade, mantendo a pele seca e livre de erupções, o produto é muito utilizado em bebês e em mulheres para fazer a higiene íntima. No entanto, seu uso exige alguns cuidados. Confira alguns deles:

- Para higiene íntima, não. Pesquisam comprovam que as partículas do talco caminham pelo aparelho reprodutor feminino, podendo ficar por anos nos ovários.

- Para pele lesionada, também não. A Academia Americana de Pediatria já não recomenda o uso do talco para bebês no tratamento e na prevenção da dermatite de fralda. Além de não ter eficácia comprovada, o produto pode trazer prejuízos à saúde da criança.

- Mesmo com a pele saudável, cuidado. Ao passá-lo em seu bebê, evite o contato com olhos, nariz e proximidades, pois pode causar problemas respiratórios.

Que achou do artigo? Deixe sua opinião nos comentários! E aproveite para conferir outras notícias de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
câncer de ovário
higiene íntima
Johnson Johnson
Jackie Fox

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ