Mulher

30/09/2015 01:23 - Atualizado em 07/12/2016 12:26

Saiba quando o fluxo menstrual intenso é normal

Em alguns casos, a intensidade da menstruação pode ocasionar quadros de anemia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A intensidade e a duração da menstruação podem variar muito de uma mulher para outra. Tudo depende da quantidade de tecido que descama do útero, fator que está relacionado aos hormônios progesterona e estradiol. Por isso, pode ocorrer um fluxo menstrual intenso, em algumas situações.

Geralmente, essa é uma característica natural do corpo feminino. Às vezes, porém, pode ser sintoma de algum tipo de descontrole hormonal. Confira como perceber alterações no seu ciclo menstrual e saiba quando buscar orientação com o médico ginecologista.

mulher com fluxo menstrual intenso

Fluxo menstrual intenso é normal... Ou não

O fluxo menstrual pode ser leve ou intenso, frequente ou irregular. As causas das alterações podem ser hormonais, mas também ligadas a questões de ordem emocional. Mulheres que estejam em idade reprodutiva podem sofrer essas alterações com mais frequência.

Assim, pode ser que um fluxo menstrual intenso seja algo comum para determinada fase da vida e não represente nenhum sinal de doença. Já em outros casos, essa perda excessiva de sangue pode até causar anemia. A deficiência de ferro é uma das maiores preocupações dos profissionais de saúde, em situações assim.

Muitas vezes, acontece o que os especialistas chamam de sangramento uterino disfuncional. Isso é bastante frequente nos períodos extremos da vida da mulher, como no começo da adolescência e no climatério, fase que antecede a menopausa.

As opiniões médicas divergem, mas, em linhas gerais, diz-se que um fluxo normal dura de três a oito dias, sem a presença de coágulos e com o uso de até seis absorventes diários. No começo e no fim, o sangue vem em pouca quantidade e com coloração escura, o que é normal, pois a quantidade de endométrio descamado é menor que nos outros dias.

As mulheres que têm fluxo menstrual intenso costumam sentir, também, cólicas mais fortes.

Saiba Mais
Coletor menstrual substitui o absorvente descartável
Sem dúvidas: Saiba tudo sobre menstruação
Menstruação atrasada nem sempre é gravidez: Conheça as causas

Quando o fluxo indica problemas

Nas mulheres jovens, a intensidade normalmente está relacionada a ciclos irregulares ou muito longos, de mais de 35 dias. A situação também ocorre no período entre a idade fértil e a menopausa. Já nas mulheres com idade entre 35 e 40 anos, isso pode sinalizar algum problema no útero, como miomas ou adenomiose.​

A orientação médica é indicada em casos de suspeita ou diagnóstico confirmado de anemia, se as cólicas forem muito intensas, se os ciclos forem muito longos ou irregulares ou, ainda, caso o fluxo menstrual seja intenso e constante.

O tratamento varia conforme a causa primária do problema, mas geralmente é feito com a administração de anti-inflamatórios, antifibrinolíticos e contraceptivos hormonais combinados. Em casos mais graves, é necessário realizar algum procedimento cirúrgico para remoção de miomas ou do útero.

Gostou das dicas de saúde? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir outras novidades do Vivo Mais Saudável para o seu bem-estar.

TAGS
menstruação intensa
menstruação irregular
menstruação escura
ciclo menstrual

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ