Mulher

23/09/2015 11:53 - Atualizado em 07/12/2016 12:05

Saiba por que você deve procurar um mastologista

O especialista é responsável pelo diagnóstico e pelo tratamento do câncer de mama.

POR

Redação

  • +A
  • -A

mastologista é o especialista em saúde das mamas. Esse profissional é qualificado para conduzir uma investigação mais específica quando há suspeita de alguma doença na região, como o câncer, além de realizar cirurgias.

A médica mastologista Dra. Maira Caleffi, presidente voluntária da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), explica que também é esse especialista, em conjunto com um oncologista, que ajuda a definir e conduzir o tratamento do câncer mamário.

Conheça mais sobre essa especialidade médica e saiba quando procurar ajuda de um mastologista.

mulher no mastologista

Quando buscar um mastologista

Após a identificação de algum nódulo, caroço ou outra alteração mamária, a mulher deve procurar um especialista. O profissional é responsável por tratar não só problemas como o câncer, mas também outras patologias.

As mamas são formadas por gordura, tecido conjuntivo e tecidos que constituem a glândula mamária - região formada por diferentes células produtoras do leite materno. A área é bastante sensível, especialmente a variações hormonais, que por sua vez podem ocorrer por diversos motivos. Tais fatores podem vir a causar modificações e, em alguns casos, um problema de saúde.

Entre as funções do médico mastologista estão o diagnóstico do problema, o tratamento clínico e, quando necessário, o tratamento cirúrgico.

A recomendação é que as mulheres realizem consultas periódicas com esse profissional a partir dos 30 anos de idade ou após a primeira relação sexual. Visitas anuais para a realização dos exames de rotina também são muito importantes, mesmo para aquelas com vida sexual inativa.

Prevenção e diagnóstico do câncer de mama

Dra. Maira Caleffi explica que os exames clínicos da mama, que devem ser realizados anualmente, podem ser feitos tanto por um mastologista quanto por um ginecologista ou enfermeiro habilitado para a função.

"Esses exames são importantes para o diagnóstico precoce do câncer de mama e consistem em palpação para localização de possíveis nódulos ou outras alterações importantes na mama", explica a médica.

A especialista lembra que o autoexame da mama é uma forma de identificar alterações suspeitas, possibilitando que a paciente busque rapidamente ajuda. No entanto, Dra. Maira alerta que a técnica não substitui o exame clínico ou a mamografia realizada por um profissional.

"Independentemente da realização do autoexame, as mulheres devem fazer a mamografia anualmente a partir dos 40 anos. Antes disso, devem realizar o exame clínico das mamas e, caso necessário, outros exames que o médico solicite", orienta.

Saiba Mais
Colposcopia complementa o exame ginecológico
Veja como a mamografia digital ajuda no diagnóstico do câncer
Entenda a importância do exame ginecológico preventivo

A mamografia ainda é a principal forma de diagnóstico precoce, o que permite maiores chances de cura. Hoje, o câncer de mama é uma das doenças que mais matam mulheres ao redor do mundo. Para reverter esse quadro, é preciso conscientizar a população sobre a importância de manter os exames de rotina em dia.

Você já se consultou com um mastologista? Comente e compartilhe a sua experiência com outras leitoras do Vivo Mais Saudável! É importante alertar amigos e familiares sobre a prevenção do câncer de mama e colaborar para que as mulheres tenham mais qualidade de vida.

TAGS
mastologia
ginecologia
autoexame
câncer de mama

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ