Mulher

22/03/2015 04:35 - Atualizado em 11/12/2016 09:41

Meias de compressão aliviam o cansaço das pernas

As meias de compressão atenuam os sintomas causados pelas horas de pé no trabalho.

POR

Redação

  • +A
  • -A

As meias de compressão são constantemente indicadas para grávidas e pessoas em repouso pós-operatório. Garantindo que o sangue circule corretamente e volte para o coração, as meias permitem a prevenção do aparecimento de coágulos, dores, inchaço e a tão temida trombose.

O acessório também é indicado para obesos, indivíduos com hipercoagulação e trabalhadores que fiquem durante muitas horas em pé. Para começar a utilizar, é preciso conversar com o médico sobre os sintomas e possíveis problemas aparentes. Ele fará a indicação correta para cada caso.

Saiba mais sobre o uso e os diferentes tipos de meias de compressão.

meias de compressao

Tipos de meias de compressão

As meias de compressão podem ser encontradas em diversos tipos. Há modelos para quem passa o dia inteiro em pé, o que causa cansaço, até para as pessoas que tiveram trombose venosa, problema acarretado pela criação de coágulos nas paredes dos vasos. Veja quais são as principais opções encontradas no mercado:

Meia de compressão preventiva

Ela conta com pressão menor que 15mmHg (milímetros de mercúrio). É indicada para os momentos de descanso, quando você deita no sofá ou na cama. Pode ser usada por indivíduos que não tenham varizes nas pernas.

Meia de compressão terapêutica

Com pressão entre 15mmHg a 21 mmHg, é recomendada para os indivíduos que ficam durante horas de pé. Para as grávidas, a meia elástica terapêutica também é indicada.

Meia de compressão moderada

Com pressão de 23mmHg a 32mmHg, é específica para quem tem veias aparentes e pernas inchadas. É indicada, também, para pessoas que passaram por escleroterapia, tratamento para veias e pernas extremamente cansadas durante a gravidez.

Quem passou por qualquer tipo de cirurgia que demande repouso também pode utilizá-las.

Meia de compressão forte

São as meias de compressão com pressão entre 34mmHg e 46mmHg. Indivíduos com insuficiência venosa crônica devem usá-las, assim como pessoas com varizes inchadas e com úlceras na perna.

Fatores de risco para o aparecimento de varizes

Genética

Preste atenção nas pernas da sua mãe. Se elas apresentam grandes quantidades de varizes, tome atitudes adequadas, como a prática de exercícios físicos para a prevenção do aparecimento das veias deformadas.

Tempo de pé

Se você fica em pé durante o trabalho, provavelmente sofre com dores nas pernas. Ao longo do tempo, além desses sinais desagradáveis, você poderá ter varizes precoces.

Anticoncepcionais

Muitas mulheres apresentam o aparecimento de varizes após o início do uso de anticoncepcionais. Para evitar problemas como esse, outros métodos contraceptivos podem ser indicados.

Gravidez

Com o peso extra, as pernas ficam cansadas e propensas ao aparecimento de varizes. Para evitar problemas, tente manter uma dieta regrada e saudável durante a gestação.

Sobrepeso

Entre os gordinhos, esse problema é um risco maior. Siga uma dieta saudável e pratique exercícios físicos diariamente para garantir saúde e o peso adequado para sua estrutura física.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pernas
trombose
varizes
circulação sanguínea

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ