Mulher

01/10/2014 12:14 - Atualizado em 03/12/2016 06:22

Mamografia ajuda a aumentar em até 100% as chances de cura do câncer

Aliada a outros testes clínicos e até mesmo o auto-exame, a mamografia contribui de maneira importante para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Muito se fala sobre a importância do dignóstico precoce do câncer de mama para que se possa aumentar as chances de cura. O que muita gente não sabe é que alguns exames simples, feitos no período certo, podem detectar a doença ainda na sua fase mais inicial. Segundo especialistas, estes cuidados poderiam ajudar a reduzir o autíssimo número de 458 mil mortes anuais por câncer (dados da Organização Mundial da Saúde). 

Mamografia

Informações do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer apontam que as chances de cura do tumor mamário podem chegar a 100% se ele for detectado de maneira precoce, o que facilita muito o tratamento. Além do autoexame, que toda mulher deve fazer mensalmente, outra grande aliada é a mamografia. No Brasil, o exame pode ser feito gratuitamente no sistema público de saúde. 

Como é feita a mamografia 

Exame feito por um profissional da saúde, a mamografia é uma das formas mais eficazes para detectar precocemente o câncer de mama, sendo recomendado para todas as mulheres acima de 40 anos. O teste pode detectar tumores de até um centímetro, o que possibilita o diagnóstico da doença ainda na sua fase mais inicial. 

Mamografia

A mamografia nada mais é do que uma radiografia da mama, feita através de um aparelho de raio-X que é chamado de mamógrafo. A mama é comprimida pela máquina, de maneira a fornecer imagens melhores, o que aumenta a capacidade de diagnóstico. É um exame simples e sem dor, que provoca um pequeno incômodo que desaparece logo após o término do procedimento. 

Apesar de ser considerado um dos exames mais eficientes na detecção do câncer de mama, oa médicos sempre recomendam um exame clínico adicional, consideram mais seguro não se apoiar em apenas um método para o diagnóstico. A sensibilidade da mamografia pode variar entre 46% e 88%, dependendo do tamanho e da localização da lesão, da densidade do tecido mamário, além da qualidade dos recursos técnicos e capacidade de interpretação do radiologista. 

A eficácia da mamografia 

Já está comprovado que o uso da mamografia possibilitou uma redução de cerca de 30% da mortalidade em mulheres acima dos 50 anos, o que torna o exame ainda mais importante. O câncer de mama é uma das doenças mais temidas pelas mulheres, isso por causa da sua alta frequência e por seus efeitos psicológicos, que afetam a autoestima e também a sexualidade. 

É uma doença rara antes dos 35 anos de idade, mas a partir desta faixa etária sua incidência aumenta de maneira assustadora. A mamografia pode ajudar a prevenir o câncer de mama, desde que seja feita dentro da periodicidade indicada pelos especialistas. O exame vem passando por melhorias ao longo dos anos e hoje já é possível realizar uma mamografia 3D, o que aumenta ainda mais a possibilidade de diagnósticar o câncer de mama. 

Se você é mulher e tem mais de 20 anos deve procurar um médico e pedir mais orientações sobre a mamografia. você pode também nos contar sua esperiência nos comentários ou mesmo em nosso Fórum!

TAGS
Outubro Rosa
diagnóstico do câncer
cancer de mama

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ