Mulher

29/04/2015 03:34 - Atualizado em 10/12/2016 03:09

Inchaço e gases podem ser sintomas de diverticulite

A inflamação no intestino é associada a casos de obesidade e tabagismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você sente inchaço abdominal, gases, perda do apetite e está com a alimentação insuficiente, saiba que esses são os principais sintomas da diverticulite. A doença é caracterizada pela formação e inflamação de bolsas da parede interna do intestino, chamadas divertículos.

É possível formar divertículos sem inflamação. Nesses casos, não há sintomas aparentes, mas você pode sentir inchaço e cólicas na parte inferior do abdômen. Fique atento para os sinais da doença e saiba como preveni-la e tratá-la.

diverticulite

Sintomas e causas da diverticulite

Os sintomas específicos da diverticulite são mais graves e geralmente aparecem subitamente, podendo piorar em poucos dias:

- Sensibilidade, geralmente na parte inferior esquerda do abdômen

- Inchaço ou gases

- Febre e calafrios

- Náusea e vômito

- Falta de fome e alimentação insuficiente.

Segundo a Federação Brasileira de Gastroenterologia, não se sabe exatamente o que causa a formação dos divertículos no intestino, o que caracteriza a diverticulose. Entretanto, seguir uma dieta pobre em fibras é uma das causas mais prováveis.

O quadro é muito comum em pessoas que ingerem grandes quantidades de alimentos refinados, como arroz branco, pão branco, cereais matinais e bolachas. Como resultado, ocorre a constipação e a presença de fezes muito duras, que demandam esforço além do normal para passar pelo reto. Esse movimento aumenta a pressão no cólon e nos intestinos.

A diverticulite é causada por pequenos pedaços de fezes que ficam presos nos divertículos, provocando infecção ou inflamação.

Pessoas acima dos 40 anos estão mais sujeitas a apresentar diverticulite. Além da má alimentação, pouco exercício físico também está diretamente relacionado ao surgimento das bolsas ou quistos intestinais. Obesidade e tabagismo são outros fatores de risco.

diverticulite

Prevenção e tratamento

Não há formas comprovadas e que sejam eficientes para prevenir diverticulite. O tratamento depende da intensidade e da gravidade dos sintomas. Geralmente, é possível tratar esse problema em casa, seguindo à risca as orientações médicas.

Há casos, no entanto, em que a internação hospitalar é necessária. Isso acontece quando o paciente apresenta complicações relacionadas à diverticulite. Em último caso, em que também já houve evolução para problemas de saúde mais sérios, a cirurgia talvez seja necessária.

Existem dois tipos de procedimentos cirúrgicos para esses casos: a ressecção primária do intestino e a ressecção intestinal via colostomia.

Caso a diverticulite não seja tratada, a inflamação local pode piorar e se tornar uma infecção generalizada, levando a problemas de saúde mais graves, como sangramento retal, buraco ou ruptura no cólon, abscesso, estenose e fístula.

O que você faz para manter hábitos saudáveis? Deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
intestino
inflamação
diverticulose
sintomas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ