Mulher

02/10/2015 06:18 - Atualizado em 19/11/2016 10:05

Estudo relaciona idade da menopausa com risco de câncer

A pesquisa indica que mulheres que entram na menopausa mais cedo são menos propensas a desenvolver câncer de mama.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A idade da menopausa, período que marca o final da vida reprodutiva da mulher, varia de acordo com cada pessoa. Ela pode ocorrer entre os 45 e os 55 anos.

Uma pesquisa recentemente realizada no Reino Unido comprovou que a idade com que uma mulher entra na menopausa pode impactar nos riscos de desenvolvimento do câncer de mama.

A menopausa é marcada por mudanças físicas e biológicas no corpo da mulher. Além da interrupção do ciclo menstrual, outros sintomas também indicam a nova fase, como ondas de calor e alterações no sono. As transformações também aumentam a possibilidade de aparecimento e agravamento de doenças, exigindo cuidados redobrados com a saúde.

mulheres na idade da menopausa

Idade da menopausa tem impacto no câncer de mama

Um estudo realizado por um grupo de pesquisadores das Universidades de Cambridge e Exeter mostrou que existe relação entre a idade da menopausa e o câncer de mama. A pesquisa, publicada pela revista Nature Genetics, indicou que as mulheres que entram na menopausa antes dos 40 anos são menos propensas a desenvolver esse tipo de câncer.

Apesar disso, os resultados também mostraram que esse grupo possui mais probabilidade de sofrer de outras doenças, como a osteoporose e o diabetes tipo 2. Segundo os dados obtidos, a cada ano que a menopausa demora a aparecer, o risco de câncer de mama sobe 6%.

Uma das pesquisadoras explicou que isso ocorre porque as mulheres em que a idade da menopausa chega mais cedo acabam ficando menos expostas ao estrogênio durante sua vida.

O estudo foi realizado com o mapeamento do genoma de 70 mil mulheres de ascendência europeia, identificando um total de 56 variantes genéticas associadas com a idade da menopausa.

Tire suas dúvidas sobre a menopausa

A menopausa é o período fisiológico em que a mulher para de menstruar, encerrado os ciclos menstruais e ovulatórios. Porém, o início da menopausa só pode ser assim considerado após um ano do último fluxo menstrual, pois existe um tempo de transição, chamado de climatério.

Esse período representa a passagem da fase reprodutiva para a não reprodutiva, em que o organismo deixa de produzir, gradativamente, os hormônios estrogênio e progesterona. A idade da menopausa pode chegar entre os 45 e os 55 anos, mas varia bastante de mulher para mulher.

Saiba Mais
Soja atenua os efeitos da menopausa e melhora o colesterol
Conheça os benefícios do tratamento hormonal
Osteoporose demanda cuidados na hora de praticar exercícios físicos

Entre os principais sintomas que indicam a nova fase estão ressecamento vaginal, ondas de calor, suores noturnos, insônia, diminuição do desejo sexual, redução da atenção e da memória, perda de massa óssea (osteoporose), alterações na distribuição da gordura corporal, aumento dos riscos cardiovasculares e quadros de depressão.

Para conviver com esses sintomas e atenuar os efeitos da menopausa, é importante realizar consultas médicas regularmente - e não apenas com ginecologista, mas também com cardiologista e, se necessário, psicólogo. Devido às mudanças e à redução do metabolismo, pode haver ganho de peso e aumento do nível do colesterol e da pressão arterial.

Por isso, o cuidado com a alimentação e a prática regular de atividades físicas se tornam ainda mais importantes nessa fase. Assim, é possível manter a saúde e a boa forma, além de aliviar os sintomas da menopausa.

Você está passando pela menopausa? Nota algum desses sintomas? Compartilhe sua história com os leitores do Vivo Mais Saudável!

TAGS
câncer de mama
climatério
estrogênio
osteoporose

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ