Mulher

12/04/2015 08:12 - Atualizado em 04/10/2016 06:57

Escolher o obstetra certo garante um parto seguro

O médico é responsável por acompanhar toda a gestação, do pré-natal até o parto.

POR

Redação

  • +A
  • -A

No dia 12 de abril é comemorado o Dia do Obstetra, que visa a conscientizar principalmente as futuras mamães sobre a importância desse profissional durante a gravidez. Além disso, a data também serve para divulgar informações. É importante não haver dúvidas na hora de escolher o médico.

O obstetra é o médico responsável por acompanhar todo o processo da gestação, realizar o parto e indicar os cuidados pós-parto. O profissional faz o pré-natal e todos os exames necessários durante o período, sendo fundamental para garantir a saúde da mulher e também do bebê.

obstetra

A importância do obstetra na gestação

O acompanhamento do obstetra deve ser feito desde os primeiros momentos da gravidez. Por isso, logo após a descoberta da gestação, a mulher deve procurar um médico especializado e de confiança, pois ele vai acompanhar desde os primeiros instantes de vida do bebê dentro da barriga até seu nascimento.

Consultas

As consultas com o especialista devem ser marcadas pelo menos uma vez ao mês até as 35 semanas de gestação. Após, os encontros podem ocorrer a cada oito ou 15 dias, variando de acordo com cada caso. Com isso, o médico acompanha o crescimento e desenvolvimento do bebê passo a passo.

Além disso, ele também faz a avaliação da saúde da mulher, controlando fatores como ganho de peso, pressão arterial e outras alterações físicas e psicológicas que a gestante tem durante a gravidez. O médico ajuda a futura mamãe a conhecer e lidar com as mudanças, dando o apoio necessário para que ela passe por todas as etapas de forma saudável e tranquila.

Exames

Uma das funções mais importantes do obstetra é realizar o pré-natal, que é uma série de exames de rotina e de rastreamento feitos pela mulher, garantindo a saúde dela e do feto. Em geral, os exames feitos são de sangue, urina e fezes, entre outros considerados necessários pelo médico, a fim de detectar infecções.

Também são realizados testes em órgãos como rins e fígado, ou para detectar HIV, sífilis, rubéola e hepatite. Além deles, também são feitos outros exames para identificar a presença de anticorpos e outras substâncias no sangue da mãe, que podem causar complicações para o feto e até mesmo aborto espontâneo.

Parto

Além de realizar o parto, o obstetra também é responsável por descobrir e falar para a mãe a data provável do nascimento. O médico também aconselha qual o melhor tipo de parto a ser realizado, indicando parto normal ou cesárea, conforme a necessidade.

Pós-parto

O profissional também deve acompanhar a mulher até pelo menos seis semanas após o nascimento do bebê. Nas consultas, ele verifica a saúde da mãe para identificar e evitar possíveis infecções e até mesmo a depressão pós-parto.

Como escolher o obstetra certo

Na hora de escolher o obstetra, é preciso levar em consideração a convivência que se terá com o especialista, estabelecendo-se uma relação de confiança. O profissional é de extrema importância para o processo gestacional, tendo a função de esclarecer todas as dúvidas em relação à gravidez, ao parto e à maternidade.

É indicado ainda que o médico já seja procurado e escolhido na fase de planejamento da gravidez, antes mesmo de descobrir a gestação. Com isso, os cuidados necessários já podem começar antes, preparando a mulher física e psicologicamente.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
gravidez
gestação
obstetrícia
maternidade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ