Mulher

08/07/2015 06:01 - Atualizado em 30/11/2016 02:32

Entenda por que amamentar em público causa tanta polêmica

Estabelecimentos do Rio serão multados se tentarem proibir mães de amamentarem seus filhos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Depois de a cidade de São Paulo ter sancionado uma lei que garante às mães amamentar em público em qualquer estabelecimento, agora foi a vez do Rio de Janeiro. O prefeito Eduardo Paes aprovou um texto que assegura o direito do aleitamento materno em qualquer lugar da cidade, seja público ou privado.

A partir de agora, na capital fluminense, funcionários que abordarem lactantes exigindo que elas não amamentem seus filhos poderão ser multados em R$ 2 mil. Já os locais que colocarem cartazes proibindo a amamentação terão que pagar R$ 10 mil, mesmo que nenhum funcionário tenha falado ou feito algo para impedir o aleitamento.

amamentar em publico

Entenda os “mamaços” pelo Brasil

O assunto ganhou força após muitas mães compartilharem, especialmente pelas redes sociais, suas histórias envolvendo proibições de amamentar em público seus bebês. Museus, restaurantes e shoppings foram alguns dos cenários em que os episódios ocorreram.

Com o objetivo de protestar contra essas coações, diversos "mamaços" foram organizados. Esse foi o nome dado aos encontros que reúnem mães que amamentam seus bebês publicamente. As participantes procuram incentivar a sociedade a ver o aleitamento materno como um ato de nutrição e amor, não uma ofensa ao pudor.

O leite materno é recomendado como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida do bebê, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Após esse período, o aleitamento deve ser continuado por até dois anos, com a inclusão de alimentos complementares.

O leite materno traz uma extensa lista de benefícios para o bebê, da prevenção de doenças e infecções ao aumento, em longo prazo, da inteligência da criança. Além disso, para a mãe, a amamentação contribui para minimizar as chances de câncer de mama, anemia e sangramentos pós-parto, por exemplo.

Mesmo com tantos benefícios e sendo um acontecimento natural da vida humana, muitas pessoas ainda se sentem constrangidas ao verem uma mãe amamentar em público. Para a psicóloga Tagma Marina Schneider Donelli, um dos principais motivos é a relação da exposição do corpo, que acaba sendo associada com o cunho sexual.

A amamentação é um momento em que o bebê está sendo alimentado, e essa situação está distante de qualquer apelo erótico. No entanto, para algumas pessoas, o seio feminino está diretamente ligado ao prazer sexual.

“Ver a amamentação de uma forma dessexualizada é essencial. O ser humano precisa aprender a separar um conceito do outro, pois esse é, acima de tudo, um ato natural e de responsabilidade com outra vida, a do bebê”, afirma Tagma.

amamentar em publico

Um direito assegurado pela Constituição

O advogado Adriano Harter Lessa explica que não existe lei que proíba amamentar em público. Pelo contrário: ele cita que a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) garantem a alimentação das crianças, sendo um dever tanto da família quando da sociedade provê-la.

O Artigo 227 da Constituição Federal diz que é dever da família, do Estado e da sociedade prover todos os direitos das crianças e dos adolescentes. Para completar, o artigo 3º do ECA reforça o dever de todos na sociedade de assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos à saúde e à alimentação.

“Caso a situação seja mais grave e ninguém no ambiente permitir a amamentação, a mãe pode se retirar do local para amamentar, pois a necessidade da alimentação deve ser sempre posta em primeiro lugar. Em casos mais extremos, se a mãe se sentir constrangida moralmente, sempre existe a possibilidade de mover uma ação por danos morais”, orienta o advogado.

Você sente algum tipo de constrangimento ao ver uma mulher amamentar em público? Ou considera esse um ato natural? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir mais dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
amamentação
leite materno
lactante
nutrição infantil

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ