Mulher

04/12/2015 07:03 - Atualizado em 08/12/2016 06:31

Entenda como uma disfunção hormonal pode afetar a sua saúde

O desequilíbrio na produção de hormônios pode ser causado por estresse ou medicamentos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Muitas mulheres conhecem a disfunção hormonal apenas quando sentem as mudanças da menopausa ou da gravidez. Porém, não é apenas nessas fases que o organismo feminino tem desequilíbrios do tipo. Essas alterações podem acontecer durante toda a vida.

Muitas vezes, o problema não manifesta nenhum sinal e também não causa complicações para a saúde. Já em outros casos, pode provocar efeitos mais sérios e exigir tratamento especializado. Entenda as possíveis causas para a disfunção dos hormônios e veja como lidar com a situação.

mulher de meia idade cansada, com disfunção hormonal

Principais causas da disfunção hormonal

A vida fértil da mulher dura, em média, dos 11 aos 55 anos de idade, período em que ela produz uma variação de hormônios que são responsáveis pela preparação do organismo para uma possível gestação. Quando não há fecundação do óvulo, ela menstrua reguladamente e o ciclo recomeça.

Para manter a regularidade desse processo, os ovários e outras glândulas do organismo feminino - como a hipófise, as suprarrenais e a tireoide - têm funções programadas. Quando um desses aspectos não funciona corretamente, ocorre uma disfunção na produção dos hormônios, causando variações na periodicidade, na duração e na intensidade da menstruação.

As causas da disfunção hormonal são variadas e nem sempre é possível identificá-las. O problema pode ser provocado por questões primárias do organismo, por doenças ou até mesmo pelo uso de medicamentos. Outros fatores que estão entre os principais causadores são o estresse e a alimentação inadequada.

Efeitos do problema para a saúde

É importante destacar que os desequilíbrios hormonais se manifestam de maneiras diferentes em cada mulher, provocando efeitos variados de acordo com a resposta do organismo. Em geral, além da menstruação desregulada, a disfunção também pode provocar alterações de ordem psicológica, como mudanças de humor, indisposição e interferência no desejo sexual.

A disfunção hormonal se manifesta de diversas formas, provocando sintomas e problemas variados. Um deles é a síndrome do ovário policístico, que consiste no aumento da produção de hormônios androgênios (masculinos), que deveriam ser liberados em pequena quantidade.

Outro tipo de disfunção é a da tireoide, glândula que pode produzir irregularmente quantidades maiores ou menores de hormônios. Esses desequilíbrios causam sintomas como falta de ânimo, sonolência e diminuição da libido.

Saiba Mais
TPM: Entenda como sua alimentação pode ajudar nesse período
Entenda o que pode estar por trás do ciclo menstrual irregular
Conheça os benefícios do tratamento hormonal

Alguns sinais que indicam a presença de desequilíbrios hormonais no organismo são a perda de massa magra, o ganho de peso constante, a ansiedade, a insônia e compulsões alimentares, principalmente por doces.

Como o problema se manifesta de forma diferente em cada organismo, o tratamento e os medicamentos a serem administrados também devem ser definidos individualmente. Além disso, nem sempre é possível perceber a causa do quadro.

Sendo assim, na maioria das vezes, os tratamentos consistem em amenizar os sintomas e alcançar uma maior regularidade na produção dos hormônios de forma geral. Outra maneira de tratar e prevenir a disfunção hormonal é praticar exercícios físicos regularmente e manter uma alimentação equilibrada. A adoção de hábitos saudáveis ajuda a manter o ciclo funcionando corretamente.

O que você achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
tireoide
menopausa
ciclo menstrual
vida fértil

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ