Mulher

16/11/2014 07:50 - Atualizado em 26/11/2016 07:23

Entenda a eficácia do teste de ovulação de farmácias

Mulheres com ciclo menstrual regular podem fazer melhor uso do teste de ovulação.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O teste de ovulação, que pode ser encontrado facilmente em farmácias, é um kit que qualquer mulher pode usar para medir seu nível de fertilidade. O problema é que não é possível mensurar a exatidão desse nível.

Isso porque não há como confirmar se a mulher de fato liberou um óvulo, se ele é saudável e também se as outras diversas etapas do processo reprodutivo estão se desenvolvendo da maneira esperada. O teste de ovulação consegue apenas identificar uma disparidade nos níveis de hormônios no organismo.

teste-de-ovulacao

Como o teste de ovulação funciona

Para compreender como ele funciona, é importante ressaltar que a mulher tem a capacidade de engravidar em determinados dias de seu ciclo menstrual, que é quando ocorre a ovulação. Um óvulo, num processo determinado por hormônios, é liberado dos ovários e fica pronto para ser fecundado pelo espermatozoide.

Alguns desses hormônios, como o luteinizante (LH), podem ser facilmente detectados na urina com um teste de ovulação. Os níveis dele aumentam, em média, cerca de 24 a 36 horas antes da liberação do óvulo - o que se costuma chamar de "onda LH".

Para aquelas que apresentam um ciclo menstrual regular, torna-se muito mais fácil a identificação dos períodos mais férteis. Assim, quem deseja engravidar pode programar as relações sexuais para esses dias. Já as mulheres que têm um ciclo desregulado podem fazer um cálculo da média aproximada dos últimos ciclos para tentar identificar a duração do ciclo menstrual.

Uma dica é usar o teste de ovulação em todo o período, ajudando a encontrar de forma mais exata o período da ovulação a partir da alteração dos níveis hormonais.

Teste de ovulação: Como fazer

Os kits em geral contêm cinco tiras, que devem ser usadas para realizar o teste por cinco dias consecutivos - e, é claro, não podem ser reaproveitadas depois. A amostra de urina tem de ser recolhida sempre no mesmo horário, de preferência no início da manhã, antes da ingestão de líquidos, para não deixá-la muito diluída.

É importante também que ela seja recolhida sempre em um recipiente limpo e seco. A fita reativa deve ser mergulhada na urina até a marca indicada, por até três minutos. Em seguida, já é possível observar o resultado. Se aparecer uma linha colorida na posição "teste", o resultado é positivo. Caso não se mostre nenhuma coloração, é negativo.

O positivo significa geralmente que a ovulação pode ocorrer em até 48 horas. Mas lembre-se que estresse e picos de ansiedade, principalmente em quem já está tentando por repetidas vezes, podem alterar os hormônios responsáveis pela ovulação.

O teste de ovulação possui um nível de segurança de quase 98% no resultado, mas jamais deve ser utilizado como um método anticoncepcional. Também não é garantia de que a gravidez vai ocorrer, pois não é só a ovulação que determina a fertilidade.

É muito raro que uma mulher de menstruação regular não ovule no meio de seu ciclo menstrual. Por isso, mais importante do que simplesmente identificar a ovulação é o acompanhamento do ginecologista, que pode detectar e tratar eventuais problemas.

Gosta das nossas dicas de saúde e fertilidade? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
fertilidade
saúde da mulher
menstruação
ovulação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ