Mulher

12/02/2016 01:00 - Atualizado em 08/11/2016 04:14

Descubra por que amamentar emagrece

A produção de leite exige uma atividade intensa do corpo da mulher.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A amamentação causa uma série de mudanças no corpo da mulher, além de exigir um esforço constante do organismo para garantir a produção diária de leite e suprir todas as necessidades do bebê. Por esse motivo, acredita-se que amamentar emagrece, mas será que isso acontece mesmo?

É natural que as mulheres queiram voltar ao peso normal e se sentir bem logo após o parto. Porém, é preciso ter alguns cuidados na busca por retomar a boa forma. Nessa fase, é desaconselhado fazer dietas restritivas, considerando que elas podem prejudicar a amamentação.

mãe e bebe porque amamentar emagrece

Por que amamentar emagrece?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, recomenda-se a amamentação exclusiva no peito até o sexto mês de vida do bebê, idade em que podem ser introduzidos alimentos sólidos. Quando possível, é aconselhado continuar amamentando ainda depois disso, pois o leite continua sendo uma importante fonte de vitaminas, calorias e sais minerais.

Além dos benefícios para a saúde da criança, o ato também traz vantagens para o corpo da mãe. Estudos comprovam que amamentar emagrece porque a produção de leite promove a queima de uma grande quantidade de calorias.

Uma pesquisa realizada pela Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, comprovou que as mães que amamentaram exclusivamente os bebês no peito perderam mais peso ao longo de 12 semanas após o parto, em comparação àquelas que combinaram a amamentação a outros alimentos. O resultado foi o mesmo inclusive com uma ingestão maior de calorias e com pouca atividade física.

Com isso, foi comprovado que amamentar emagrece cerca de dois quilos por mês, nos casos de amamentação exclusiva. Isso acontece porque as glândulas mamárias localizadas nos seios produzem entre 600 e 800 mililitros diários de leite, atividade intensa que pode queimar até 800 calorias por dia, o que corresponde a meia hora de caminhada.

Além disso, quando o bebê suga o seio, o corpo libera ocitocina, um hormônio que age na contração uterina, fazendo com que o útero volte ao tamanho normal. Isso também contribui para o retorno do organismo ao estado anterior à gravidez.

Outros benefícios que a amamentação garante para a mãe são o combate ao câncer de mama, a doenças cardiovasculares e ao câncer de ovário, além de diminuir a ansiedade e aumentar o vínculo afetivo com o bebê.

mulher fazendo caminhada porque amamentar emagrece

Dicas para emagrecer depois do parto

Se por um lado amamentar emagrece, por outro também provoca muita fome e vontade de comer fora de hora. Por isso, é preciso ter cuidado para não exagerar e para consumir os alimentos certos. O ideal é manter uma dieta equilibrada, com refeições leves e nutritivas distribuídas ao longo do dia.

Durante o período da amamentação, a dica é optar por alimentos ricos em cálcio, como iogurtes, leite desnatado e ricota, e fontes de vitamina B6, como cereais integrais. Peixes, verduras, frutas, carnes magras e ovos também são indicados.. Para perder peso e garantir a saúde tanto da mãe quanto do bebê, a orientação de um nutricionista é importante.

A prática de atividades físicas também precisa de cuidados e de acompanhamento de um profissional para que ele possa indicar o que pode e o que não pode ser feito em cada fase após o parto. O começo deve ser gradativo, partindo de caminhadas leves, duas ou três vezes por semana. 

Que achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e alimentação aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
amamentação
emagrecimento
dieta
atividade física

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ