Mulher

23/09/2015 11:34 - Atualizado em 08/12/2016 11:33

Caroço na mama nem sempre é maligno

Para saber o tipo e as consequências do nódulo, indica-se procurar um mastologista.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Encontrar um caroço na mama é algo bastante angustiante para a mulher. Porém, nem sempre nódulos nos seios representam algum problema grave. Aliás, na maioria das vezes, são apenas alguma alteração benigna.

O Dr. José Luiz Pedrini, médico mastologista da Sociedade Brasileira de Mastologia, conversou com o Vivo Mais Saudável para tirar algumas dúvidas comuns sobre o assunto. Confira a seguir.

O que um caroço na mama pode indicar

O médico mastologista explica que os caroços na mama podem aparecer ao longo de toda a vida da mulher. Geralmente são benignos, ou seja, não trazem riscos para a saúde.

"O fibroadenoma, por exemplo, é o tumor mais frequente da mulher, mas é benigno e não tem perigo de se tornar um câncer maligno", explica Dr. José Luiz. Esse problema é comum na juventude da mulher. Em 30% dos casos, os nódulos da adolescência desaparecem espontaneamente.

Já um caroço que apareça mais tarde, acompanhado ou não de microcalcificações e sangramento pelo mamilo, pode ser sinal de um câncer de mama. No entanto, o diagnóstico preciso só poderá ser feito por um profissional.

mulher com caroço na mama vai ao médico

O médico mastologista explica que há três formas de identificar um nódulo no seio:

1. De forma espontânea, no banho ou em qualquer atividade do dia, quando se percebe uma alteração como endurecimento ou deformação

2. Por meio do exame clínico, realizado por um médico qualificado, que deve ser feito anualmente a partir dos 20 anos

3. Pela mamografia, um raio X da mama capaz de identificar um possível tumor.

A mamografia deve ser feita anualmente a partir dos 40 anos. Mulheres com casos de câncer mamário na família devem começar a rotina de exames dez anos antes do primeiro caso familiar. Por exemplo, se a mãe ou outro parente próximo teve a doença aos 35 anos, a mulher é incentivada a fazer mamografias anuais a partir dos 25 anos.

A única forma definitiva de identificar se o caroço na mama é maligno ou benigno é por meio da biópsia. O exame é feito a partir da retirada do nódulo ou de uma amostragem dele.

Em casos benignos, o caroço não precisa ser removido. Ele é retirado apenas pela incerteza de ser ou não um câncer. "Uma lesão benigna não sofre degeneração maligna, ou seja, a permanência do nódulo não faz com que o caroço se torne um futuro câncer", esclarece Dr. José Luiz.

Ao encontrar qualquer sinal de alteração, é importante que a mulher busque ajuda médica imediata. "Nunca tivemos tantas opções de tratamento como nos dias atuais, por isso as mulheres devem vir tranquilas, pois as chances de cura são bastante positivas", afirma o profissional.

Saiba Mais
Sintomas de câncer de mama podem diminuir com exercícios
Nódulos na pele podem ser neurofibromatose
Caroço na virilha: O que pode levar ao surgimento do nódulo

Prevenção do câncer de mama

O médico mastologista explica que não existe uma estratégia eficaz para que o câncer de mama não apareça. Porém, sabe-se que é possível retardar o aparecimento ou fazer com que ele aja de forma menos agressiva.

Os cuidados recomendados são:

- Evitar o fumo, que baixa a imunidade da mulher

- Controlar o consumo de álcool, que é um fator de risco para o câncer de mama

- Manter uma alimentação saudável, incluindo alimentos ricos em cálcio e em outros nutrientes

- Evitar o ganho de peso, especialmente após a menopausa

- Praticar exercícios físicos regularmente.

Por fim, o médico alerta para o cuidado com o estresse na rotina diária. Segundo ele, não há confirmações contundentes, mas a mudança de comportamento da mulher, que ficou mais ativa na vida moderna, pode estar relacionada ao aumento dos casos de câncer mamário.

"Por isso, sorria mais, leve a vida de maneira mais leve, livre de ódio, rancor e estresse. Pode ser que não evite a doença, mas, se ela aparecer, a paciente estará mais positiva para alcançar a cura", orienta Dr. José Luiz.

Você já se assustou com um caroço na mama? Compartilhe sua experiência e ajude outras leitoras do Vivo Mais Saudável.

TAGS
nódulo
tumor benigno
câncer
mamografia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ