Mulher

23/09/2015 11:58 - Atualizado em 06/12/2016 09:04

Carcinogênese: Entenda os estágios de progressão do câncer

Agentes cancerígenos atuam transformando as células normais em malignas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A carcinogênese é o processo de formação do câncer, que ocorre em diversos estágios. As células cancerosas podem levar diversos anos para formar um possível tumor. Já em outros casos, podem agir de maneira rápida.

O processo, também chamado de oncogênese, ocorrem em etapas nas quais as células normais do organismo passam a ser cancerígenas. Entenda as causas desse problema e saiba como alguns hábitos saudáveis podem diminuir as chances de uma doença séria.

mulher analisa carcinogenese no microscopio

Entenda as etapas da carcinogênese

Estágio de iniciação

A primeira fase da carcinogênese é o estágio de iniciação. As células são expostas ao efeito dos agentes cancerígenos, o que provoca modificações em alguns genes. Nessa etapa, já existe uma alteração, mas ainda é muito cedo para a detecção de um tumor.

Estágio de promoção

Na segunda etapa da carcinogênese, as células geneticamente alteradas sofrem o efeito dos agentes cancerígenos classificados como oncopromotores. De maneira gradual, vão se transformando em células malignas.

Para que o processo se complete, é preciso que o contato com o agente promotor seja longo e continuado. Estudos apontam que alguns hábitos saudáveis, como a alimentação adequada, podem interromper o processo.

Estágio de progressão

O último estágio, chamado de progressão, é caracterizado pela multiplicação das células alteradas. Nessa fase, o câncer já se encontra instalado e continuará evoluindo até as manifestações clínicas. Os agentes oncoaceleradores são os responsáveis pela progressão da doença.

Saiba Mais
Falta de tempo não impede que você tenha hábitos saudáveis
Marcadores tumorais indicam a presença de câncer no organismo
Estilo de vida influencia na saúde e na longevidade

É possível prevenir o câncer?

A médica mastologista Dra. Maira Caleffi, presidente voluntária da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), explica que o mais importante é manter hábitos saudáveis para eliminar os fatores que aumentam o risco de desenvolver o câncer. Além disso, exames periódicos facilitam o diagnóstico precoce.

Quanto mais peso e idade, mais chances a paciente tem de desenvolver câncer nas mamas. A cada aumento de cinco pontos no IMC, por exemplo, sobe em 33% o risco da doença. "Outro aspecto muito importante é que o sedentarismo e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e tabagismo são fatores que podem aumentar a possibilidade da ocorrência da doença", alerta Dra. Maira.

A prevenção está em atitudes simples, como inserir mais verduras, legumes e frutas no cardápio diário. Esses alimentos contêm substâncias que combatem os radicais livres, moléculas que são formadas naturalmente pelo organismo e que podem agredir o DNA das células.

"É importante salientar que, mesmo assim, as mulheres ainda estão sujeitas a desenvolver a doença, por isso, a realização regular de exames deve estar entre as boas práticas para se reduzir o risco de mortalidade", completa a médica.

O que você faz para manter a saúde? E os exames de rotina, estão em dia? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir as dicas de nutrição e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
prevenção do câncer
progressão do câncer
oncologia
estilo de vida

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ