Mulher

01/10/2014 01:30 - Atualizado em 05/12/2016 09:38

Câncer de Mama: Saiba quais são as causas e fique atenta à prevenção

Os índices de câncer de mama estão cada vez maiores. Saiba quais são as causas da doença e a importância de se prevenir.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Considerado um dos cânceres que mais matam entre as mulheres, o câncer de mama tem sido cada vez mais diagnosticado no mundo inteiro. De acordo com a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), uma extensão da Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos descobertos aumentaram em 20% entre 2008 e 2013. Por isso, se faz necessária a prevenção contínua desta doença, já que as chances de cura aumentam quando o câncer é diagnosticado precocemente.

Conhecer as causas do câncer de mama também é uma forma de prevenir. Foto: Shutterstock


Entenda as causas do Câncer de Mama

Além das consultas frequêntes ao seu médico e de fazer os exames para checar a sua saúde, como por exemplo, a mamografia e o autoexame, conhecer as causas do câncer de mama é importante e já é uma forma de preveni-lo. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, INCA, 80% dos casos de câncer de mama e de outros canceres diagnosticados possuem como causa fatores externos. Isto faz com que algumas células sofram mutações genéticas, o que além de prejudicar o organismo pode levar ao desenvolvimento do câncer. Dentre estes fatores de risco destacam-se:

Estar frequentemente exposta à radiação

A radiação pode desencadear mutações genéticas, o que aumenta as chances do desenvolvimento da doença.

Tabagismo

De acordo com uma pesquisa feita em Harvard, o tabagismo eleva as chances de se desenvolver o câncer de mama, principalmente se o hábito for iniciado antes da menopausa.

Contato com pesticidas

De acordo com especialistas, os pesticidas possuem substâncias semelhantes aos hormônios presentes no corpo feminino, que em excesso são considerados fatores de risco para o câncer de mama.

Uso prolongado de hormônios femininos

Especialistas afirmam que o uso prolongado de hormônios como o estrógeno e a progesterona podem estimular a proliferação de células mamárias. Esta reprodução celular também pode aumentar as chances de se desenvolver o câncer de mama.

Ter filho após os 40 anos

Com a gravidez, as mamas aumentam, assim como as células mamárias se reproduzem. As chances então do câncer de mama se desenvolver é maior.

Já entre os fatores internos que podem desencadear o câncer de mama, os principais são:

Histórico de câncer na família

A hereditariedade faz com que o “gene danificado” seja repassado, o que exige mais atenção.

Estar acima dos 40 anos

Com o envelhecimento, a produção de hormônios como o estrógeno se intensifica, o que condiciona a reprodução de células mamárias e aumenta as chances do desenvolvimento da doença.

A presença de um nódulo único, não doloroso e endurecido na mama, a deformidade ou o aumento e vermelhidão da mama, além da presença de líquidos nos mamilos e dor nas mamas são considerados sintomas do câncer de mama. É sempre muito importante lembrar que o médico é o único que pode diagnosticar a doença, tanto por seus conhecimentos sobre o tema quanto por exames, que tem a mamografia como um dos principais.

No Brasil

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que até o final do ano 2014 outros 57.120 casos de câncer de mama serão descobertos no país. Esta doença, de acordo com a OMS, faz aproximadamente 458 mil mortes por ano, o que é explicado pelo seu alto índice de gravidade e pela falta de prevenção. Segundo especialistas, somente esta última possibilitaria maior chance de cura e baixaria este terrível índice.

Se você tem dúvidas sobre as causas do câncer de mama ou alguma experiência com a doença, compartilhe conosco nos comentários e participe do nosso Fórum

 

TAGS
Outubro Rosa
câncer de mama
causas do câncer

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ