Mulher

01/12/2016 05:23 - Atualizado em 09/07/2017 04:33

AIDS: 40% dos portadores não sabem que possuem o vírus HIV

01 de dezembro é marcado pelo Dia Mundial da Luta contra a AIDS

POR

Redação

  • +A
  • -A

O mês de dezembro começa com o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS. E a Organização Mundial da Saúde divulgou dados atualizados sobre a doença no mundo, atualmente. Segundo a OMS, 40% dos portadores não sabem que possuem o vírus HIV. Os números representam um total de 14 milhões de pessoas ao redor do planeta e 143 mil no Brasil.

Por que tantos portadores não sabem que têm o vírus HIV?

De acordo com a OMS, um dos motivos que explicam esse quadro é a dificuldade existente em muitos lugares para a realização dos exames de diagnóstico. Para se ter uma ideia, mais de 18 milhões de portadores do vírus, atualmente, não têm acesso a tratamentos antirretrovirais. "Milhões de pessoas que têm o HIV não se beneficiam do tratamento que é indispensável e que pode impedir que transmitam o vírus a outros indivíduos", afirmou a diretora geral da OMS, Margaret Chan.

O autoteste de HIV

Com o objetivo de reduzir os índices de pessoas que desconhecem serem portadoras do vírus, a OMS tem incentivado a realização do autoteste de HIV. Atualmente não é mais necessário pedido médico ou ir até postos do SUS para detectar o vírus. O autoteste pode ser comprado em farmácias e pode ser feito em casa.

A pessoa compra um kit e o teste é feito com um pouco de saliva ou furando a ponta do dedo com uma agulha. O resultado fica pronto em 20 minutos. "O autodiagnóstico é uma forma de se chegar a mais gente, oferecendo a oportunidade de tomar as medidas necessárias antes de adoecer", afirmou Margaret. A organização tem focado a divulgação dessa alternativa em lugares onde existem dificuldades em relação ao serviço de triagem comum.

Caso tenha um resultado positivo, a pessoa deve procurar imediatamente um hospital para realizar outros exames e receber todas as orientações necessárias para iniciar o tratamento.

Os números do HIV no mundo

Segundo a OMS, houve um aumento expressivo, na última década, em relação ao número de portadores do vírus HIV. Nos últimos dez anos, os números passaram de 12% para 40%. Para a instituição, uma das consequências mais positivas em relação a isso foi que oito de cada dez pessoas diagnosticadas passaram a receber o tratamento antirretroviral.

Outro dado da OMS é que as mulheres fazem mais o exame e, por essa razão, são as que mais recebem o tratamento. Apenas 30% das pessoas que fizeram algum teste de diagnóstico são do sexo masculino.

As taxas de diagnóstico também são baixas entre os homens que têm relações sexuais com outros homens, profissionais do sexo, transgêneros, usuários de drogas injetáveis e presos. Estes grupos, segundo a OMS, representam 44% de 1,9 milhão de novas infecções anuais.

Aproveite o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS, para buscar mais informações sobre o vírus HIV. Mantenha-se ainda sempre atualizado sobre a sua saúde e consulte o seu médico regularmente. E para saber mais sobre saúde, não deixe de acompanhar o Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também