Mulher

14/11/2015 10:24 - Atualizado em 29/11/2016 06:11

Acabe com os mitos sobre cólicas menstruais

Os sintomas são causados por contrações musculares e podem ser controlados com exercícios.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Elas aparecem nos momentos mais inoportunos e derrubam a sua vontade de trabalhar ou curtir a noite. As cólicas menstruais são um desconforto comum a muitas mulheres. A boa notícia é que as dores podem ser aliviadas - e nem é preciso recorrer a receitas mirabolantes da vovó.

Segundo a ginecologista Ana Luiza Berwanger, a cólica é identificada por ser uma dor intermitente, ou seja, que vem em picos. “Ela acontece durante o período menstrual, quando o útero produz pequenas contrações musculares dolorosas no momento da descamação do endométrio”, explica.

E não pense que as dores são iguais para todas as mulheres. Os espasmos podem ser fortes em algumas e fracas em outras. “Pode ocorrer em diferentes órgãos e cada pessoa tem uma sensibilidade diferente à dor”, afirma a médica.

mulher sentada na cama, com cólicas menstruais

Para evitar surpresas desagradáveis, o ideal é ficar de olho na intensidade da dor. De acordo com Ana, sempre que as cólicas menstruais forem fortes ou até incapacitantes, a paciente deve procurar um médico para verificar se está tudo bem. “Eventualmente, pode ser um sinal de alguma doença ginecológica, como a endometriose, por exemplo, que deve ser tratada”, comenta.

Porém, na maioria das vezes, o problema é apenas sintoma da menstruação e não indica patologia alguma.

Saiba Mais
Descubra por que o atraso menstrual acontece
Sem dúvidas: Saiba tudo sobre menstruação
Menstruação escura é normal? Acabe com as dúvidas

Acabe com as cólicas menstruais

De acordo com a médica ginecologista, os medicamentos são somente recomendados se a dor for incômoda o suficiente para interferir na rotina da mulher. Para aliviar as sensações desagradáveis, existem medicações específicas que ajudam a atenuar os espasmos.

O ideal, é claro, é não recorrer à automedicação. “A mulher nunca deve se automedicar, pois pode estar mascarando alguma doença”, explica Ana. O mais importante é ficar com a revisão ginecológica em dia. “A consulta ginecológica sempre deve ser feita para saber qual a medicação mais adequada a cada paciente”, ressalta.

Em casos mais extremos, a menstruação pode ser bloqueada por meio de método hormonal, como a pílula anticoncepcionalAlgumas pacientes, de acordo com a especialista, também podem se beneficiar de atividades físicas. Vale dar uma caminhada, andar de bicicleta ou dançar. 

infográfico cólicas menstruais

Mitos sobre cólicas menstruais

Lavar a cabeça piora as dores

Não precisamos nem comentar, né? Esse papo é apenas um mito da época da vovó.

Absorvente interno aumenta as cólicas

Não! Não tem nenhuma relação. Ele sequer encosta no útero, local de onde costuma vir a dor.

Andar descalça piora o quadro

Claro que não! O contato dos pés com o chão tampouco piora os sintomas da menstruação.

Conhece outro mito envolvendo as cólicas menstruais? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
menstruação
ciclo menstrual
dores
como aliviar cólica

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ