Mulher

03/11/2015 10:41 - Atualizado em 06/12/2016 09:41

A tabelinha falhou? Entenda a ovulação tardia

O problema não causa complicações para a saúde, mas pode atrapalhar quem tenta engravidar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Existem alguns casos em que a menstruação atrasa, os exames de gravidez aparecem como negativos e só um tempo depois a mulher confirma a gestação. Quando isso ocorre, caracteriza-se a ovulação tardia, ou seja, ela não acontece no período esperado, podendo atrasar dias ou até semanas.

O problema é considerado comum e não existe nenhuma causa específica para que ocorra. Em geral, também não traz complicações para a saúde da mulher, apenas pode atrapalhar quem esteja tentando engravidar e utilize métodos como a tabelinha para acompanhar o período de ovulação.

mulher com ovulação tardia faz teste de gravidez

Entenda o que é a ovulação tardia

Quando se tem o ciclo menstrual regulado, de 28 dias, a ovulação costuma ocorrer entre o 14° e 16° dias, ou seja, antes da próxima menstruação. De uma forma geral, diz-se que ela ocorre sempre 14 dias antes do fim do ciclo. Porém, com a ovulação tardia, não se ovula no dia esperado e, às vezes, ela vai muito além, podendo atrasar semanas e até mesmo um mês.

Costuma-se considerar que, quando a ovulação ocorre após o 16° dia, é um caso de ovulação tardia, pois acontece fora do período esperado. Não existe uma causa específica para isso acontecer. Inclusive, mulheres que apresentem um ciclo regular podem ter a ovulação desregulada em um mês.

Os motivos são variáveis. O corpo pode desregular a liberação dos hormônios que regem o ciclo menstrual, provocando o amadurecimento dos folículos ovarianos - no caso, o LH, liberado pela hipófise, sendo o principal agente.

Saiba Mais
Conheça as fases da gravidez e as transformações no corpo da mulher
Menstruação escura é normal? Acabe com as dúvidas
Entenda o que pode estar por trás do ciclo menstrual irregular

Para perceber a ovulação atípica, além de prestar atenção no atraso menstrual, é importante ficar de olho no próprio corpo. Mesmo num caso assim, os sintomas são os mesmos. O sinal mais notável da ovulação é a diferença no muco vaginal; se ele apresentar um aspecto pegajoso e estiver transparente como clara de ovo, certamente se está no período.

infográfico ovulação tardia

Quais as consequências para a mulher?

A ovulação tardia não causa nenhum problema para a mulher e nem impede a gravidez, mas é por isso que as famosas tabelas pré-fabricadas utilizadas para contracepção não garantem total certeza. Como elas se baseiam em um ciclo regular, podem não acertar o dia da ovulação.

Isso é um problema principalmente para aquelas mulheres que querem engravidar, mas só têm relações no período que seria fértil,. Por isso, é importante também observar o ciclo e as mudanças no corpo, além de fazer uso dos testes de ovulação para conseguir saber com mais certeza quando está ocorrendo o período.

Para quem busca a gravidez, é muito indicado o auxílio desses testes para ter mais segurança de que as tentativas de concepção estejam acontecendo nos dias certos. Para confirmar uma possível gestação, lembre-se de que sempre se deve esperar um tempo de até 10 dias do atraso da menstruação.

Se o resultado for positivo, comece o pré-natal e aproveite esse momento tão especial. Caso dê negativo, consulte um ginecologista para descobrir o motivo do atraso da menstruação, pois não é normal.

Tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
período fértil
menstruação
ciclo menstrual
tabelinha

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ