Homem

02/01/2015 08:22 - Atualizado em 06/12/2016 08:28

Testosterona é maior em admiradores de comida apimentada

Presença do hormônio em excesso, porém, pode trazer prejuízos ao organismo do homem.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você é um homem que aprecia comidas apimentadas? Saiba que você pode até ser considerado mais viril por isso. Cientistas da Universidade de Grenoble, na França, comprovaram que homens com gosto por pimenta tem níveis mais altos de testosterona presentes no organismo. O senso comum já indicava que ingestão de muita comida apimentada era sinal de virilidade - o que agora passa a ser uma comprovação científica.

testosterona

Como a pesquisa foi realizada

Participaram do experimento 114 homens em uma faixa etária entre 18 e 44 anos. Eles consumiram amostras de purê de batatas. Em um das receitas, era misturado apenas sal e, na outra, molho de pimenta.

As cobaias avaliaram o tempero da refeição e foram testados de acordo com a presença do hormônio masculino. As taxas do hormônio se mostraram mais significativas no organismo dos homens que ingeriram mais pimenta.

Depois de comerem os purês, foram retiradas amostras da saliva para conferência. Aqueles que consumiram maiores quantidades da receita apimentada espontaneamente também apresentaram os níveis mais elevados do hormônio. O sal, entretanto, não mostrou relações significativas no estudo.

carga hormonal da testosterona está associada às características agressivas, imprudentes e de energia sexual. Porém, segundo a pesquisa, a presença excessiva do hormônio pode provocar comportamentos de risco, comprometendo o sucesso financeiro e até mesmo o desempenho no sexo.

Ou seja, alimentos picantes podem ser sinal de virilidade masculina, mas também comprometem o funcionamento do organismo e apontam a necessidade de prestar atenção à saúde do homem.

O que é a testosterona?

Produzida naturalmente pelo organismo, a testosterona é chamada de “hormônio masculino” ou androgênico. Ela é o principal produto feito nos testículos pelas células Leydig. Mesmo que seja produzido em homens e mulheres, esse hormônio é responsável por desenvolver as características masculinas, já que ele está presente em um número 30 vezes maior do que nas mulheres.

Os músculos, os pelos pubianos, a voz mais grossa, o crescimento da barba, o aumento do pênis, a utilização da gordura e demais características sexuais do homem são definidas pela testosterona. Esse hormônio também estimula a produção de espermatozoides, sendo produzido em maior quantidade no período da manhã e menos na parte da noite.

Função do hormônio nos homens

Por ser o hormônio responsável pela maioria dos comportamentos tipicamente masculinos, a testosterona regula o desejo e a libido sexual. Mais presente no organismo dos homens entre os 17 e os 30 anos de idade, ela decai de 0,5% a 1% por ano a partir de então, reduzindo também a massa muscular, a massa óssea e a vontade de sexo.

O hormônio também está ligado ao processo de metabolismo, produzindo energia e regulando a presença de gorduras no corpo humano. Por isso, ele se relaciona com o aumento de massa muscular. Outra função é a agressividade, que pode se tornar mais intensa quando as taxas são mais altas.

Sinais de baixa testosterona

Os níveis baixos do hormônio masculino no homem podem ser percebidos através de pouco interesse sexual, cansaço em excesso, problemas de concentração, oscilações de humor, fraqueza muscular, acúmulo de gordura, perda de massa óssea, poucos pelos e dificuldade para dormir.

Quando esses sintomas se manifestarem, é recomendável procurar um endocrinologista ou urologista para iniciar um tratamento adequado de reposição hormonal.

E aí, vai colocar mais pimenta na sua comida? Deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
hormônio
saúde do homem
virilidade
vida sexual

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ