Homem

27/10/2014 07:39 - Atualizado em 29/11/2016 04:53

Saiba quais são os principais fatores de risco do câncer de próstata

Para prevenir o câncer de próstata é importante estar atento aos fatores de risco da doença e buscar maior qualidade de vida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Não é novidade que a ciência continua buscando sempre evoluir nas pesquisas de tratamento e prevenção das doenças, o que tem sido feito de forma bastante satisfatória em relação ao câncer na próstata. Atualmente, além dos diversos tratamentos existentes, é possível saver também quais são os principais fatores que aumentam o risco do câncer de próstata.

risco do câncer de próstata

Fatores de risco do câncer de próstata 

Segundo o urologista Rui Farinha, câncer na próstata é uma doença que vem sendo muito estudada há bastante tempo, o que resultou na evolução do seu tratamento e prevenção. “Na área da Oncologia, uma das grandes preocupações dos pesquisadores passa por tentar determinar a causa (etiologia) de qualquer tipo de câncer. No caso do câncer da próstata, os estudos procuram determinar qual ou quais os fatores que podem estar na origem ou que podem favorecer o seu desenvolvimento', afirma. 

Segundo o especialista, esta área de pesquisa é muito importante porque se os investigadores conseguirem determinar quais são os fatores de risco do câncer de próstata, poderão conscientizar os homens de como evitar o surgimento desta doença. 

“Por meio do estudo dos pacientes com câncer na próstata e das suas árvores genealógicas foi possível determinar que exista uma grande influência da hereditariedade. Cerca de 9% dos casos de câncer da próstata são verdadeiramente hereditários, o que implica a existência na mesma família de três ou mais familiares afetados, ou pelo menos dois familiares que tenham desenvolvido a doença antes dos 55 anos de idade”, resalta Rui Farinha. 

O urologista afirma ainda que, do ponto de vista clínico, a única diferença que existe entre os casos de câncer na próstata hereditários e não hereditários é que os primeiros surgem em média 6 antes do que os casos espontâneos. “Todos os aspectos relacionados com a progressão e com a resposta ao tratamento são iguais aos dos casos espontâneos”, disse. 

Outros fatores de risco do câncer de próstata 

Hoje se conhece também outros fatores que são apontados como capazes de conduzir ao desenvolvimento deste tipo de câncer. Entre eles estão os alimentos consumidos, determinados comportamentos sexuais, o consumo excessivo de álcool, a exposição à radiação ultravioleta, a inflamação crónica da próstata e também algumas exposições profissionais. Estes são alguns dos potenciais factores de risco do câncer de próstata que têm sido investigados. 

“Infelizmente, não existe nenhum estudo que tenha comprovado uma correlação direta e inequívoca entre estes fatores e o câmcer na próstata”, reafirma Rui Farinha.  

Outros estudos mais recentes avaliaram a influência do selénio, da vitamina E e dos licopenos no desenvolvimento de câncer na próstata. Nenhum destes estudos identificou uma diminuição significativa da incidência da doença nos pacientes com dietas suplementadas por este tipo de substâncias. 

“Os estudos credíveis realizados até á atualidade não permitem recomendar alterações do estilo de vida (como por exemplo, a diminuição da ingestão de gordura animal e a ingestão de frutas, cereais e vegetais) para diminuir o risco do câncer da próstata”, concluiu o urologista. 

Diga aqui nos comentários o que você achou deste artigo, tire suas dúvidas e não se esqueça de acessar também a nossa página no Facebook!

TAGS
novembro azul
câncer de próstata
prevenção

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ