Homem

19/02/2016 01:00 - Atualizado em 29/11/2016 06:28

Próstata aumentada causa urgência para urinar

Problema pode aparecer devido ao envelhecimento ou a desequilíbrios hormonais.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Entre as várias mudanças que costumam aparecer com a idade, a urgência para urinar é uma das que mais incomodam. Essa condição é decorrente da próstata aumentada, que não apresenta grandes riscos para a saúde masculina, mas pode atrapalhar a qualidade de vida no trabalho e nas relações pessoais.

A explicação é simples: responsável pela fabricação do fluido que constitui o sêmen, a próstata pode crescer ao longo dos anos. Conforme o tempo passa, a glândula reprodutiva pressiona a uretra e a bexiga, causando o desejo constante de ir ao banheiro. Essa condição costuma ocorrer em muitos homens que chegam à velhice.

senhor com próstata aumentada vai ao médico

Sintomas da próstata aumentada

Não existem causas específicas para o aumento da próstata. O que se sabe é que alguns fatores relacionados ao envelhecimento e a desequilíbrios hormonais podem influenciar. Os sintomas da também chamada hiperplasia prostática benigna (HPB) podem ser confundidos com os de uma infecção urinária. São eles:

- Vontade frequente de urinar

- Dificuldade para fazer xixi

- Fraco fluxo urinário

- Desejo de ir ao banheiro à noite

- Necessidade de fazer força para conseguir urinar

- Não conseguir esvaziar totalmente a bexiga

- Interromper o fluxo da urina.

Fatores de risco para a próstata aumentada

Envelhecimento

Os sintomas costumam aparecer aos 55 anos. Dados indicam que um em cada quatro homens podem apresentar os sinais do problema. Aos 75 anos, os índices ficam ainda maiores: metade dos homens costuma sentir sintomas de hiperplasia prostática.

Histórico familiar

Se algum parente desenvolveu o problema, é provável que ele também ocorra no paciente.

Naturalidade

Homens americanos e australianos são os que mais apresentam a doença. Ela é menos comum entre chineses, indianos e japoneses.

próstata aumentada infográfico

Diagnóstico e tratamento

O exame de toque retal é indicado para verificar o tamanho da próstata. Além dessa, outras análises podem ser pedidas pelo urologista. Elas envolvem o teste do fluxo da urina, da pressão da bexiga e de cultura, para verificar se existem infecções.

Após o diagnóstico, são necessárias medidas para o alívio dos sintomas. Os medicamentos chamados de bloqueadores alfa 1, recomendados para tratar hipertensão, também relaxam os músculos da próstata e do colo da bexiga, o que pode ajudar na liberação de urina. Bloqueadores de hormônios produzidos pela glândula também auxiliam a aumentar o fluxo da micção.

Os sintomas costumam melhorar aproximadamente seis meses após o início do tratamento. Em alguns casos, recomenda-se a cirurgia prostática.

Além dessas medidas paliativas, algumas mudanças no estilo de vida podem contribuir para a melhora da saúde. Confira quais são elas:

- Não beber muito líquido antes de dormir

- Diminuir a quantidade de cafeína ao longo do dia

- Controlar o uso de descongestionantes e de anti-histamínicos

- Ir ao banheiro sempre que sentir necessidade

- Praticar atividades físicas

- Alimentar-se bem

- Fazer o check-up anual para identificar a progressão dos sintomas.

Tirou suas dúvidas? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
hiperplasia prostática
trato urinário
urologia
envelhecimento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ