Homem

10/02/2015 10:44 - Atualizado em 07/12/2016 10:42

Fertilidade masculina: Saiba até quando os homens podem ser pais

Uma série de fatores pode alterar a fertilidade masculina em idades mais avançadas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A notícia de que o apresentador Serginho Groisman vai ser pai aos 64 anos de idade provocou discussões sobre o assunto. Afinal, até quando os homens podem ser pais?

Uma série de fatores pode influenciar a fertilidade masculina, e a idade é apenas um deles. Por isso, a resposta para essa questão varia muito de pessoa para pessoa.

fertilidade masculina

O que influencia a fertilidade masculina

Depois de nove anos ao lado da esposa, Fernanda, o apresentador da Rede Globo será pai de um menino. O que mais surpreende é que Serginho Groisman tem 64 anos de idade. Em geral, a idade ideal para ser pai é até os 35 anos. A taxa de fertilidade masculina começa a cair a partir dos 50 anos e, aos 65 anos, ela cai cerca de 35%.

Além da diminuição da capacidade de engravidar a parceira, a idade mais avançada também aumenta os riscos de complicações durante a gravidez. É comprovado que casos de aborto e doenças nas crianças são mais comuns quando os pais são mais velhos.

Mas não é apenas a o avanço da idade que prejudica a fertilidade masculina. Algumas doenças como caxumba e diabetes podem causar a perda da qualidade do sêmen, contribuindo para a infertilidade.

O estilo de vida também interfere. Hábitos como fumar e ingerir bebidas alcoólicas, além da obesidade ou de tratamentos como quimioterapia, podem diminuir as chances de ser pai.

Porém, também é possível melhorar a fertilidade masculina com hábitos saudáveis. Manter o peso ideal e evitar o uso de cigarros e bebidas alcoólicas é o primeiro passo. Além disso, alguns alimentos ricos em vitaminas (A, C, D e E), ácido fólico, zinco, cálcio, ferro e selênio também ajudam.

A idade e a fertilidade masculina

Hoje em dia é cada vez mais comum encontrar homens que buscam a paternidade em idades mais avançadas. Os motivos são variados, podendo ser sociais ou econômicos. Carreira profissional e o crescimento do número de divórcios levam a casamentos tardios ou um segundo casamento com mulheres que ainda não tem filhos e os desejam.

Com o passar dos anos, ocorre também a queda da capacidade de fertilidade masculina. Além da incapacidade de ter filhos, problemas como abortos e malformações também podem ser consequências do avanço da idade.

Isso ocorre devido a muitos fatores, como os hormônios sexuais, disfunções sexuais, alterações genéticas do sêmen e a fragmentação do DNA do espermatozoide.

Como as complicações durante a gravidez podem aumentar nesses casos, é extremamente importante ter um acompanhamento mais cuidadoso. O pré-natal e as consultas com o médico devem ser ainda mais frequentes.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
infertilidade
hormônios sexuais
paternidade
idade avançada

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ