Homem

20/05/2015 11:09 - Atualizado em 17/01/2017 03:40

Faloplastia: Conheça o procedimento para aumento do pênis

Cirurgia deve ser feita apenas em casos sérios de microfalia ou de lesões no pênis.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Não existem métodos eficientes para aumento peniano, tanto natural quanto cirurgicamente. Atribui-se à faloplastia o título de “cirurgia para aumentar o pênis” quando, na verdade, ela serve para reconstruir o membro em caso de lesões ou microfalia, um problema grave e raro no qual o órgão é minúsculo.

O modo mais correto de caracterizar a cirurgia é como reconstrutiva, já que é recomendada em casos de perda parcial ou total do órgão. Ela também é utilizada para criar um falo em pacientes que sofram de doenças congênitas ou desejem realizar a redesignação sexual (mudança de sexo).

Esse tipo de plástica peniana é complexa. Saiba mais sobre o procedimento.

faloplastia

Como é feita a faloplastia?

A técnica aplicada na faloplastia consiste em transferir tecidos retirados de uma parte do corpo para a região genital. O objetivo do procedimento é restabelecer as funções e as capacidades do pênis, também servindo para finalidades estéticas.

Cada paciente passa por um processo diferente de cirurgia. Aqueles que sofreram lesões ou traumatismos, por exemplo, são submetidos a técnicas distintas daqueles que irão fazer uma redesignação sexual.

Antes da operação, é necessário passar por uma avaliação por vários profissionais, que incluem urologistas, cirurgiões plásticos, endocrinologistas, psicólogos e microcirurgiões. Em casos de redesignação, os exames com todos esses médicos são de obrigatoriedade jurídica, já que a faloplastia é apenas um dos processos.

As cirurgias faloplásticas precisam se adaptar às necessidades de cada paciente e podem utilizar partes do abdômen, do antebraço, da região lombar e de outros membros para fazer a transferência de tecidos e a reconstituição.

Além da reconstrução peniana, é necessário refazer também a uretra, que pode passar por um procedimento pré ou pós-operatório. Algumas pessoas podem precisar de um implante de próteses para a reabilitação sexual.

Como o procedimento é bastante complexo, apenas cirurgiões profissionais e com experiência devem realizar a cirurgia. Entre eles, estão principalmente os plásticos e urologistas.

É possível aumentar o pênis?

Como é uma cirurgia de reconstrução do pênis, não com fins de aumento do órgão, a faloplastia não é recomendada para esse objetivo. Além disso, intervenções puramente estéticas na genitália podem alterar a funcionalidade, o que causa problemas ao médico na Sociedade Brasileira de Urologia.

A cirurgia de reconstituição somente é indicada quando há necessidade de se criar um novo pênis - para quem sofre traumas, amputações ou mudança de sexo intencional. Em situações de mau funcionamento das capacidades do órgão, ela também pode ser realizada.

O pênis, ao ser recriado na faloplastia, recebe um novo aspecto estético, mas a intenção principal é que o paciente consiga realizar a penetração durante as relações sexuais e mantenha o órgão com todas suas funcionalidades. Pode haver um aumento no diâmetro, mas não no comprimento. Porém, as medidas são mínimas e nunca intencionais.

Nenhum médico garante que o pênis será aumentado, tanto em comprimento quanto em largura, durante a cirurgia. As técnicas de alongamento requerem acompanhamento psicológico e poucas chances de eficácia real. Quando são bem-feitas e não apresentam complicação, alongam de meio a dois centímetros.

O que você achou deste artigo? Conte para nós! E não esqueça que sempre tem dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
microfalia
reconstrução peniana
aumento do pênis
micropênis

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ