Homem

28/06/2014 09:00 - Atualizado em 03/12/2016 11:16

Doença silenciosa: sintomas de câncer de próstata podem não ser percebidos pelo homem

Sintomas de câncer de próstata podem incluir necessidade frequente de urinar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros, perdendo apenas para o câncer de pele. Mas é o tipo que mais mata homens em todo o mundo. Por isso, é fundamental não apenas ficar aguardando os sintomas de câncer de próstata: muitas vezes, eles podem ser discretos e até imperceptíveis.

Como detectar os sintomas de câncer de próstata

Primeiro, é importante deixar claro: o diagnóstico precoce da doença reduz significativamente os seus riscos. Então a melhor maneira de agir é submeter-se regularmente a exames.

Foto: Shutterstock

Necessidade frequente de urinar pode ser um dos sintomas de câncer de próstata. Foto: Shutterstock

Para ficar alerta aos sintomas do câncer de próstata, deve-se entender antes o que é a próstata. Trata-se de uma glândula que somente os homens possuem. É um órgão muito pequeno, em formato de maçã, situado na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e na frente do reto. Envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.

O câncer de próstata é considerado uma neoplasia típica da terceira idade, pois cerca de três quartos dos casos em todo o mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Apesar disso, recomenda-se que todos os homens submetam-se a avaliações urológicas anualmente a partir dos 40 anos de idade.

Sintomas de câncer de próstata

Esse tipo de tumor é traiçoeiro. Na maioria dos casos, cresce lentamente e não apresenta sintomas até chegar a seu estado avançado.

Nessas situações, os sintomas de câncer de próstata podem ser um jato de urina fraco ou reduzido, necessidade frequente de urinar, sensação de que a bexiga não esvaziou completamente, dificuldade para iniciar ou interromper o ato de urinar, urgência para urinar, dor na parte baixa das costas, sangue na urina ou esperma e dificuldades em manter a ereção. Sintomas mais raros, mas que também podem sugerir o câncer de próstata, são a dor na passagem da urina, ao ejacular ou nos testículos.

Se não há sintomas, o câncer de próstata pode ser diagnosticado a partir do exame de toque retal e exame de sangue – que vai verificar a dosagem de PSA, uma proteína encontrada no sangue específica para a próstata. Eles vão sugerir a necessidade ou não de se realizar outros exames que, enfim, confirmarão o diagnóstico.

Tratamento

O tratamento de um paciente com câncer de próstata vai depender do tamanho do tumor e da idade da pessoa, mas pode incluir a remoção cirúrgica da próstata (prostatectomia radical), radioterapia, braquiterapia (colocação se sementes radioativas no local da próstata), hormonoterapia e uso de medicamentos. Quanto mais avançada é a idade do paciente e mais lento o quadro de evolução da doença, menos invasivo é o método que se procura fazer.

Recomendações

Como já dito, a principal recomendação é que, a partir dos 40 anos de idade, faça-se anualmente um exame de toque para, no caso da ocorrência de câncer de próstata, haver o diagnóstico precoce e diminuir os riscos que o tumor pode causar. Pessoas com familiares que tiveram câncer de próstata têm chances maiores de contrair a neoplasia, portanto devem ficar mais atentas ainda. Sobre a prevenção, a melhor maneira de evitar essa e muitas outras doenças é a velha fórmula de uma alimentação balanceada e natural e a prática regular de exercícios físicos.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ