Homem

08/01/2016 02:00 - Atualizado em 07/12/2016 10:14

Disfunção erétil em jovens: Saiba como tratar

Disfunção erétil pode atingir até 25 milhões de brasileiros acima de 18 anos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A impotência é a incapacidade de obter ou manter uma ereção suficiente para desempenho sexual satisfatório, como definem os Institutos Nacionais da Saúde, dos Estados Unidos.

Conforme dados compilados em artigo publicado pela Universidade Federal de São Paulo, cerca de metade dos homens acima de 40 anos sofre com o problema. Mas a disfunção erétil em jovens também pode acontecer - mais ligada ao quadro psicológico do que físico.

Causas da disfunção erétil em jovens

As causas da disfunção erétil em jovens costumam ser diferentes daquelas que acarretam o problema em homens mais velhos. Em jovens, o lado psicológico e emocional são os principais vilões. Esses problemas normalmente estão associados a quadros de ansiedade, depressão e traumas do relacionamento atual ou anterior.

Saiba Mais
Descubra como avaliar o seu nível de disfunção erétil
Disfunção erétil tem tratamento. Conheça
Obesidade mórbida causa problemas cardíacos e disfunção erétil

Mas há outras possíveis causas. Outros motivos também podem levar à disfunção erétil em jovens são o excesso de álcool, drogas e o tabagismo, que também promovem mais danos e riscos à saúde.

Disfunção erétil

A prevenção e o tratamento da disfunção erétil em jovens passa, em primeiro lugar, pela adoção de hábitos saudáveis. Dieta equilibrada e realização de exercícios físicos estão entre as recomendações. Além disso, devem ser evitados o consumo excessivo de álcool, e não deve ser feito o uso de cigarros ou outras substâncias ilícitas.

Para o tratamento dos problemas psicológicos que podem levar à disfunção erétil em jovens, o melhor a fazer é procurar aconselhamento de um especialista. Dependendo do caso, um psicólogo ou psiquiatra pode ajudar a enfrentar os problemas pessoais ou profissionais que podem estar atrapalhando sua vida sexual. Além disso, conversar com a parceira ou parceiro também ajuda a encarar e superar traumas.

Saiba mais sobre o problema

De acordo com uma série de estudos realizados em âmbito nacional, cerca de 25 milhões de brasileiros acima de 18 anos apresentam algum tipo de disfunção erétil. Entre esses, cerca de 11 milhões apresentam disfunção moderada ou severa.

Além das causas psicológicas da disfunção erétil, o problema também pode se manifestar em função de causas físicas ou orgânicas. A principal é o fluxo de sangue reduzido para o pênis que, além do tabagismo, pode ser causado por hipertensão, diabetes e obesidade. Os medicamentos utilizados para tratar essas doenças também podem alterar a função erétil.

Para fazer o diagnóstico correto, é fundamental que o paciente procure ajuda médica e explique os sintomas relacionados à vida sexual. Também é importante que as perguntas sejam respondidas de maneira honesta e com detalhes, sem constrangimento. Isso vai ajudar na composição do quadro completo do diagnóstico, que pode ser feito após a realização de alguns exames solicitados pelo urologista.

E aí, esse artigo sobre disfunção erétil em jovens foi útil para você? Então aproveite para compartilhá-lo!

TAGS
saúde
ereção
qualidade de vida
sexo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ