Homem

19/11/2014 09:15 - Atualizado em 02/12/2016 03:39

Diabetes causa impotência: Entenda essa relação

Má circulação sanguínea é a chave para entender por que diabetes causa impotência.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Que o diabetes é caracterizado pelo aumento do nível de açúcar no sangue, muita gente já sabe. Algumas pessoas ignoram, no entanto, que, entre outras consequências maléficas ao funcionamento do organismo, o diabetes causa impotência sexual. Mas essa situação não é definitiva: com o controle da doença por meio da mudança de hábitos e de um tratamento específico, é possível manter uma vida sexual normal - e ativa.

Entendendo a impotência sexual

Também conhecida como disfunção erétil, a impotência sexual masculina é a incapacidade de iniciar ou manter uma ereção peniana durante o tempo necessário para consumar o ato sexual.

Ainda considerada um tabu pelo público masculino, sendo motivo de medo entre os homens, a principal causa da disfunção erétil são fatores físicos e disfunções no organismo. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, 30% dos homens na faixa de 40 anos não conseguem ter relações por falta de ereção.

diabetes-causa-impotencia

Por que o diabetes causa impotência

Para compreender por que o diabetes causa impotência, é necessário entender como a doença se manifesta no organismo, quais suas causas e consequências. O processo não é tão difícil de entender: quando nos alimentamos, a digestão faz com que parte da comida seja transformada em açúcar, a famosa glicose.

Em seguida, a glicose é absorvida pelo sangue, onde consegue atuar fornecendo energia para o funcionamento geral das células. No entanto, ela só será aproveitada em todo seu potencial energético se a insulina, uma substância produzida pelo pâncreas, agir conforme se espera. O diabetes ocorre quando a glicose não é suficientemente aproveitada pelo organismo - por uma série de motivos, como predisposição genética, obesidade e sedentarismo -, atingindo níveis elevados no sangue.

O excesso de açúcar no sangue acaba alterando as atividades cardiovasculares, sendo responsável por uma má circulação sanguínea. Além disso, pode provocar lesões nos vasos sanguíneos.

Para que a ereção ocorra, são necessários estímulos físicos e psicológicos capazes de desencadear uma circulação sanguínea constante na área genital. O aumento do fluxo sanguíneo faz com que o pênis fique ereto, ao inchar os vasos de sangue específicos da região.

Portanto, quando há disfunções nas atividades cardiovasculares - uma das principais consequências do aumento da glicose no sangue -, é provável que haja uma dificuldade em se conseguir a ereção. Pode-se, dizer, então, que, sim: o diabetes causa impotência.

Diabetes causa impotência quando não é controlado

É possível tratar a doença, controlar o nível de açúcar no sangue e manter uma vida de relativa normalidade, inclusive no que diz respeito à vida sexual, mas isso exige determinação e força de vontade do paciente com diabetes. Algumas mudanças de hábitos são fundamentais, como abandonar o sedentarismo, controlar o peso, manter uma dieta equilibrada e praticar exercícios físicos regularmente. A boa notícia é que essas atitudes só dependem da pessoa interessada.

É importante lembrar: em caso de dúvidas, recomenda-se procurar acompanhamento médico especializado, além da ajuda de profissionais de educação física. Consultas regulares são fundamentais principalmente se você apresenta algum fator de risco para a doença, como o diagnóstico do diabetes no histórico familiar.

Quer descobrir se você tem risco de desenvolver diabetes? Faça o teste! E não esqueça de deixar um comentário e curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
impotência
saúde
diabetes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ