Homem

29/06/2014 09:00 - Atualizado em 29/11/2016 11:42

Consulta rotineira ao urologista garante diagnóstico precoce do câncer de próstata

Muitos homens temem a consulta ao urologista.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A consulta rotineira com o urologista não faz parte da vida de todo homem. Mas deveria ser. Exames solicitados pelo urologista podem levar ao diagnóstico precoce do câncer de próstata, o que é essencial para seu tratamento. Por isso, não deixe de marcar uma consulta - nem que você tenha pesadelos só de imaginar o exame de toque.

Por que visitar o urologista

Foto: Shutterstock

Exame de toque pode diagnósticar câncer de próstata. Foto: Shutterstock

A ida periódica ao urologista pode ajudar você a identificar com antecedência e tratar melhor o câncer de próstata, que pode ter cura quando diagnosticado em sua fase inicial. Quanto mais tempo passa até a identificação da doença, mais difícil será o tratamento, e menor a probabilidade de cura. Muitos de seus sintomas podem passar desapercebidos, o que dificulta o diagnóstico da doença.

O câncer de próstata é mais frequente após os 60 anos de idadeHomens com antecedentes familiares têm mais chance de desenvolver esse tipo de tumor e devem informar isso ao urologista ao fazer uma consulta. Atenção: essa doença geralmente se manifesta antes dos 50 anos para casos hereditários e, por isso, a ida ao especialista será fundamental para a descoberta da enfermidade em seu estágio inicial.

O diagnóstico do urologista

Não dá para ter medo da consulta. O temido exame de toque é bem menos problemático do que você imagina. Lembre-se: por não apresentar sintomas em estágio inicial, o câncer de próstata é frequentemente detectado ao fazer o exame antígeno prostático (PSA), também conhecido como toque retal, realizado pelo médico urologista.

Na fase mais avançada, o câncer poderá causar a obstrução da saída da urina dando origem a alguns sintomas, como a sensação de queimação da uretra ou dor na região entre o ânus e o escroto, seguida ou não de febre e mal-estar. Em sua grande maioria, os sintomas se relacionam à obstrução de urina e podem estar associados a uma infecção urinária.

Sintomas do câncer de próstata

Os sintomas mais comuns correspondem ao aumento da frequência urinária (micção frequente); fluxo urinário fraco ou interrompido; sangue na urina; vontade de urinar mais seguido à noite; sangue no líquido seminal; e dor ou ardor durante a micção. Caso você tenha qualquer um desses sintomas, procure imediatamente um urologista.

Há casos de cânceres de próstata em estágio avançado que causam alterações no fluxo urinário, podendo por vezes, levar a complicações renais resultantes da obstrução. No entanto, existem doenças benignas da próstata, como por exemplo, a hiperplasia prostática que possuem os mesmos sintomas. Mais um motivo para que você consulte um urologista e descubra o real motivo do aparecimento destes sintomas.

Em casos onde o câncer de próstata está disseminado, o paciente poderá apresentar sintomas como dor nas costas, quadris, coxas, ombros ou outros ossos. Ainda, perda de peso inexplicada e fadiga em demasia.

Importância da consulta com urologista

Depois dessas dicas, deve ter ficado clara a importância da visita regular ao urologista. Com essa medida, você poderá se prevenir não apenas do câncer de próstata, mas de diversas outras doenças com esses sintomas. Mantenha o médico informado sobre qualquer alteração que você notar e não tenha receio em agendar uma consulta. 

O texto foi útil para você ? Deixe seu comentário! 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ