Homem

29/12/2015 07:00 - Atualizado em 07/12/2016 10:30

Conheça os sinais da hérnia no saco escrotal

Em muitos casos, o único sintoma da hérnia é uma pequena saliência na virilha, mas que deve ser tratada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Sentir uma saliência ou protuberâncias estranhas ao redor dos testículos pode ser sinal de uma hérnia no saco escrotal. É uma doença comum, que pode ocorrer em um ou nos dois lados da virilha, causando um desconforto. Quando não tratada, porém, pode levar a consequências mais graves para a saúde.

Como identificar a hérnia no saco escrotal

Hérnias ocorrem quando os órgãos pressionam as paredes que os cercam. Isso acontece principalmente nos intestinos, que empurram os pontos fracos da parede abdominal e formam protuberâncias no estômago, no escroto, nas coxas e no abdômen.

A hérnia no saco escrotal surge em torno dos testículos e é uma hérnia inguinal, que também é uma das mais comuns da parede abdominal.

Hérnia no saco escrotal

As hérnias inguinais ocorrem na região da virilha, entre as coxas e o tronco, e são encontradas com uma taxa 25 vezes maior em homens que em mulheres. Elas podem ser diretas ou indiretas, e ambos os tipos causam protuberâncias nos testículos, embora o segundo seja mais comum.

As hérnias indiretas surgem quando os intestinos pressionam a parede abdominal, seguindo o caminho dos testículos ao descer para o escroto durante o desenvolvimento fetal. Apesar de esse caminho normalmente se fechar depois, deixa uma área fraca no abdômen.

A condição geralmente se manifesta por uma protuberância em torno dos testículos. Em alguns casos, a hérnia no saco não apresenta sintomas. A saliência costuma ser o sinal mais visível, podendo causar mal-estar e sensibilidade no local.

Ainda que outros problemas também possam provocar protuberâncias, se elas crescerem quando a pessoa se levanta ou estica a região, provavelmente indicam uma hérnia. Outros sinais da doença são inchaço no saco escrotal, desconforto ou dor ao fazer algum esforço físico e sensação de fraqueza ou pressão na virilha.

[[saiba_mais]]

Tratamento para o problema

Quando as hérnias se entrelaçam com outros órgãos e tecidos, elas não podem ser reduzidas e se tornam mais dolorosas, podendo causar obstrução intestinal, náuseas e vômitos. Se não for tratada no início, a hérnia no saco escrotal pode provocar o encarceramento do intestino, o que faz com que o sangue deixe de circular, causando necrose e outras consequências graves para o indivíduo.

A intervenção cirúrgica é o único tratamento eficaz para a hérnia, sendo bastante simples e com uma taxa de reincidência de aproximadamente 4%. Durante o procedimento, é colocada uma espécie de tela na parede abdominal do paciente para fechar o orifício.

Não há nenhum tipo de prevenção, mas, ao notar o aparecimento de qualquer saliência, é importante que a pessoa procure um médico para que sejam tomadas as providências adequadas.

O que achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
hérnia
saúde do homem
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ