Homem

20/11/2014 08:00 - Atualizado em 03/12/2016 07:16

Conheça os riscos do acúmulo de gordura abdominal masculina

Gordura abdominal masculina deve ser combatida com alimentação balanceada e exercícios regulares.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Pense nos homens que você conhece e com quem você convive no seu dia a dia. Agora, tente lembrar de quantos deles possuem um abdômen avantajado. Vários, não é mesmo? O crescente índice de homens com grande circunferência abdominal preocupa os médicos, afinal a gordura abdominal masculina é um fator de risco para órgãos como o coração, o pâncreas, o fígado e os rins.

Por que a gordura abdominal masculina faz mal

A gordura localizada na barriga é sempre um fator de preocupação, para homens e mulheres, mas é no sexo masculino que ela apresenta os piores efeitos. O acúmulo de gordura abdominal masculina é sinônimo de que algumas coisas no organismo não estão funcionando como deveriam. Triglicerídeos elevados, aumento do colesterol ruim (LDL) e resistência à insulina, são alguns dos problemas.

gordura-abdominal-masculina

Mas o aumento da gordura abdominal masculina pode ser ainda mais perigoso. Ele baixa os níveis do bom colesterol (HDL) e é prenúncio do aumento da gordura do fígado, o que complica a produção de alguns hormônios e vitaminas que são essenciais para a absorção correta da gordura e a eliminação da mesma através do metabolismo corporal.

O sangue também é afetado pela avantajada circunferência abdominal. A viscosidade do sangue aumenta, elevando também a pressão arterial. Como consequência, aumentam os riscos de doenças e complicações cardiovasculares, como infarto do miocárdio e AVC - Acidente Vascular Cerebral. Isso porque a gordura cria camadas nas paredes arteriais e quando um pedaço da camada se solta, obstrui as artérias.

A gordura abdominal masculina pode se acumular de duas formas diferentes. A subcutânea é aquela que se localiza logo abaixo da pele, antes dos músculos do abdômen e é facilmente eliminada. Já a visceral está por trás dos músculos, acomodada junto aos órgãos e, além de ter uma eliminação mais difícil, ainda é mais perigosa, já que afeta mais diretamente o corpo humano.

Como reduzir a gordura abdominal masculina

Mas é importante saber que emagrecer nem sempre é sinônimo de diminuição da gordura abdominal. É preciso adotar hábitos saudáveis e que tenham foco direto no abdômen. E esses hábitos também não incluem fazer longas sequências de abdominais em pouco tempo. O processo dá resultados a longo prazo e precisa de persistência.

Um bom começo é carregar sempre consigo uma garrafa de chá verde, ou de água para quem não toma chá. Dois litros por dia são absolutamente necessários para perder a gordura abdominal masculina. O chá é diurético e ajuda a eliminar através da urina e do suor a gordura acumulada. Adicionar pimenta na preparação também é importante para ativar o metabolismo.

Pratique exercícios aeróbicos, como caminhadas ou corridas, pois são eles que fazem o seu corpo queimar gordura. Após uma atividade aeróbica, procure um local espaçoso e tranquilo para fazer prancha abdominal. A atividade consiste em apoiar os pés e os antebraços no chão, mantendo o corpo elevado, com o abdômen contraído. O exercício auxilia na troca da gordura por músculos.

Faça trocas na alimentação. Evite alimentos gordurosos ou excessivamente açucarados e priorize as verduras e as frutas, que são ricas em fibras e mantêm o intestino sempre funcionando. E o mais importante: meça a sua circunferência abdominal. Homens não devem ter um abdômen com mais do que 102 cm de diâmetro.

Curgiu a matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
exercícios físicos
abdômen
alimentação
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ