Homem

24/11/2014 06:03 - Atualizado em 28/11/2016 01:41

5 motivos para deixar de lado o medo de fazer o exame de toque retal

Exame de toque retal é importante para obter o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Apesar de todas as campanhas de conscientização, o temor de alguns homens não cessa. Pode parecer estranho para você, mas há quem prefira sofrer anos com um câncer potencialmente grave a se submeter ao exame de toque retal.

Medo e insegurança ainda lideram a lista de fatores que fazem os homens abrirem mão da saúde, permitindo o surgimento da doença. A decisão implica riscos, como sofrer com efeitos colaterais e até mesmo morrer, deixando os filhos órfãos por conta de um capricho pessoal. Nada a ver com o que se espera de um homem corajoso, não é mesmo?

exame-de-toque-retal

5 razões para fazer o exame de toque retal

1. É a única forma de prevenir o câncer de próstata

Embora existam avanços quanto aos exames preventivos, como o exame que detecta a elevação de PSA e a ultrassonografia abdominal, nenhum deles exclui a necessidade do exame de toque retal. Trata-se da única forma de prevenir a doença e conseguir diagnosticar qualquer anomalia de forma precoce. Quando diagnosticado no início, as chances de cura se elevam a até 90%.

2. Dura apenas 20 segundos

Vale a pena padecer de câncer, sofrer com os exames colaterais, correr o risco de morrer e conviver anos com o problema simplesmente para não se submeter a um desconforto que dura 20 segundos?

3. Sintomas só aparecem em estágio avançado

O câncer de próstata é uma doença que se desenvolve sem apresentar sintomas. Quando os primeiros sinais surgem, o problema já está em estágio avançado, o que diminui consideravelmente as chances de sucesso do tratamento.

4. Pode diminuir o risco de efeitos colaterais

Os métodos disponíveis para tratamento podem dar origem a dois efeitos colaterais: a incontinência urinária e a impotência sexual. Se o exame de toque retal for realizado e o câncer diagnosticado precocemente, aumentam as chances de cura sem efeitos colaterais.

5. Não há risco de perder a virilidade

Submeter-se ao exame não o torna menos homem ou menos viril. Deixar o preconceito de lado, nesse caso, é uma questão de saúde, e não apenas de bom senso.

Exame de toque retal deve ser feito anualmente

A indicação dos médicos é de que os exames sejam iniciados por volta dos 50 anos de idade, quando os casos de câncer de próstata costumam aparecer. Se, no entanto, o homem tiver parentes diagnosticados com a doença, caracterizando uma predisposição genética, recomenda-se iniciar o acompanhamento médico a partir dos 40 anos. Para garantir o diagnóstico precoce, o exame de toque retal deve ser realizado anualmente.

Gosta das nossas dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
exame de próstata
câncer de próstata
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ