Especialidades

18/01/2016 06:00 - Atualizado em 02/12/2016 10:21

Saiba o que é diástase e como enfrentá-la

A condição consiste no afastamento dos músculos abdominais depois da gestação.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você sabe o que é diástase? A condição consiste no deslocamento dos músculos abdominais depois da gravidez. Mais comum do que se imagina, o problema afeta muitas mulheres e possui diferentes causas.

Apesar de não acarretar complicações para a saúde, o problema assusta, pois provoca uma linha afundada que sai da região do peito e vai até o umbigo. Tratamentos como a prática de exercícios físicos específicos podem ajudar os músculos a voltar ao normal rapidamente. Saiba mais.

o que é diástase mulher mede barriga

Entenda o que é diástase

A diástase é uma condição fisiológica caracterizada pelo afastamento dos músculos do abdômen, causando uma espécie de linha afundada no meio da barriga. Ao contrário de uma hérnia, que é uma ruptura na parede abdominal, ela ocorre quando a distância entre os músculos ultrapassa dois centímetros, medida máxima considerada normal.

Em geral, toda gestante fica com um pouco de afastamento após a gravidez, devido à força que o útero aumentado exerce sobre a parede abdominal durante a gestação. Aquelas mulheres que têm o abdômen mais rígido e fortalecido normalmente apresentam mais resistência a desenvolver a diástase, enquanto outras acabam sofrendo com o problema estético.

Apesar de os sinais físicos assustarem algumas mulheres, porém, a condição não está associada a dor e nem causa complicações para a saúde.

Causas e tratamentos para o problema

Além de entender o que é diástase, outra dúvida frequente é quanto às causas desse problema e se é possível evitá-lo. A condição ocorre principalmente em mulheres que passaram por diversas gestações, pois isso resulta em aumento do útero várias vezes, o que acaba empurrando os músculos abdominais para os lados e dificultando o seu retorno.

Saiba Mais
Ginástica na gravidez: Descubra quais são os limites
Toxoplasmose na gravidez pode trazer complicações ao bebê
Dieta e exercícios previnem o inchaço na gravidez

Outros fatores também podem contribuir para a diástase do reto abdominal, como excesso de peso, desnutrição e aumento da pressão intra-abdominal - que pode ocorrer devido a um tumor, por exemplo. Ainda, quando o porte físico da mãe é muito pequeno ou o tamanho do bebê, muito grande, pode haver registros do quadro.

Já o tratamento para a condição varia de acordo com cada caso, pois existem diferentes graus de diástase. Na maioria das vezes, os músculos retornam normalmente. Mas o problema também pode ser corrigido com exercícios abdominais para fortalecer a região ou com intervenção cirúrgica, em situações mais graves.

Não é possível prevenir ou prever o problema, mas alguns cuidados ajudam a reduzir as chances. Entre eles está respeitar um intervalo de pelo menos dois anos entre as gestações, manter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas que fortaleçam a região antes e depois da gestação.

Aprendeu o que é diástase? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
barriga
gravidez
abdominal
sobrepeso

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ